Caring about the future

CESAM celebra o Dia Mundial do Solo

CESAM celebra o Dia Mundial do Solo

Em comemoração desta data, o CESAM organiza na próxima segunda-feira (dia 5 dezembro), um conjunto de atividades públicas no átrio do Complexo Pedagógico, Científico e Tecnológico da Universidade de Aveiro, a partir das 14:00 h e de entrada livre.

Com esse objetivo, o CESAM (Centro de Estudos do Ambiente e do Mar) através da sua linha temática “Ecologia e Biodiversidade Funcional”, apresenta as atividades para o público:

  • Exposição e degustação de produtos alimentares cuja produção envolve práticas sustentáveis. Estarão presentes as empresas Banca Terra, Vale Aromático, Tecmafoods: Insect based feed & food, Lda , Susana Patrícia da Silva Rodrigues, Lda e um Grupo Informal de Trocas.
  • Palestra “Insetos e agricultura: a circularidade necessária para um futuro sustentável” - Professora Susana Loureiro | 16:00 h| sala 23.1.5 

Esta linha temática, que possui contribuições de oito dos 12 grupos de investigação que integram o CESAM, tem como coordenadora, investigadora principal Isabel Lopes e como co-coordenador, o investigador auxiliar Nelson Abrantes, ambos do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro. De acordo com Isabel Lopes “a comemoração do Dia Mundial do Solo constitui uma plataforma, a nível global, de consciencialização dos diversos atores da sociedade humana para a importância de um solo saudável e para a gestão sustentável dos recursos e serviços de ecossistemas que nos fornece. Com esta consciencialização pretende-se encorajar, a uma escala global, os governos, diversas organizações, comunidades e indivíduos a comprometerem-se com a proteção e conservação da biodiversidade e função dos solos.”

Porque o solo constitui um recurso natural não-renovável e finito. E a sua utilização, para as mais diversas atividades antropogénicas, contribuiu para que atualmente 33% dos solos a nível mundial sejam considerados como degradados. Esta perda de solo saudável compromete algumas das suas funções e serviços de ecossistema, como o fornecimento de alimento, água potável, e constitui ainda uma ameaça relevante para a manutenção e conservação da biodiversidade. Deste modo, é fundamental gerar conhecimento sobre o funcionamento dos solos e compreender as suas principais ameaças.
Como salienta a mesma Isabel Lopes, “no âmbito da Linha Temática Ecologia e Biodiversidade Funcional, do CESAM, desenvolvemos investigação inovadora focada na compreensão do funcionamento dos ecossistemas terrestres, dando particular ênfase ao estudo das suas comunidades e interações em reposta às várias perturbações ambientais, incluindo as alterações globais. Mais ainda, desenvolvemos metodologias e novas tecnologias que permitem a recuperação e correção de solos degradados, promovendo o restabelecimento das suas funções. Numa vertente ligada à produção agrícola, também estamos envolvidos no desenvolvimento de produtos fitofarmacêuticos mais amigos do ambiente e de estratégias de produção alimentar sustentável”.

Partilhe nas redes sociais:

Financiamento do CESAM: UIDP/50017/2020 + UIDB/50017/2020 + LA/P/0094/2020