Building the future by doing more together

Investigação inédita do DAO/CESAM estuda efeito do biochar em vinhas

Investigação inédita do DAO/CESAM estuda efeito do biochar em vinhas

8/11/2016

Pela primeira vez, um grupo de cientistas da Universidade de Aveiro (UA) está a experimentar usar biochar para combater a erosão do solo numa vinha, em Amoreira da Gândara, Anadia. O trabalho mundialmente inédito pretende saber de que forma este tipo de carvão produzido a partir de biomassa pode melhorar a infiltração da água dos solos em vinhas.

A investigação é conduzida pela ‘Earth Surface Processes (ESP) team’ (equipa de investigação de Processos da Superfície Terrestre), uma equipa de investigadores do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) da UA, coordenada por Jacob Keizer. Este trabalho está inserido no projeto Mediterranean Agricultural Soils Conservation under global Change (MASCC), financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia no âmbito do programa ARIMNET, com João Pedro Nunes como investigador principal da parte portuguesa.

Com a incorporação do biochar no solo, a equipa ESP espera uma redução do escoamento de águas em 10 a 50 por cento e uma redução de 20 a 60 por cento na erosão do solo. Percentagens que, apontam os investigadores, “significam que mais água irá ficar armazenada no solo após a precipitação, facto que pode beneficiar tanto a vinha como a qualidade dos cursos de água”.

O estudo da utilização de biochar na produção agrícola em Portugal está hoje a dar os primeiros passos através de uma equipa interdisciplinar de investigadores do DAO, do Departamento de Biologia e do CESAM da UA.

Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=48160

Partilhe nas redes sociais:

Financiamento do CESAM: