Building the future by doing more together

Lesma marinha sobrevive sem alimento retendo cloroplastos das algas que come

Lesma marinha sobrevive sem alimento retendo cloroplastos das algas que come

7/09/2017

Um estudo publicado na revista Scientific Reports(http://www.nature.com/articles/s41598-017-08002-0) pelos investigadores Paulo Cartaxana e Sónia Cruz, do DBio e CESAM, em coautoria com a Universidade de Copenhaga, vem mostrar que em períodos de escassez de alimento a fotossíntese dos cleptoplastos é importante para a sobrevivência de Elysia viridis, uma espécie de lesma marinha abundante na costa portuguesa.

Um grupo restrito de lesmas marinhas é capaz de digerir as macroalgas de que se alimenta ao mesmo tempo que integra os cloroplastos nas suas próprias células. O processo é designado cleptoplastia (do grego "kleptein" - roubar) e os cloroplastos roubados designados "cleptoplastos".


Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=51709

Partilhe nas redes sociais:

Financiamento do CESAM: