Building the future by doing more together

AGROMIX- Avaliação da toxicidade de misturas de compostos químicos em solos agrícolas.
Investigador Responsável - Susana Loureiro
Programa - PTDC/AGR-AAM/68676/2006
Período de Execução - 2007-11-01 - 2010-10-31 (36 Meses)
Entidade Financiadora - Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Financiamento para o CESAM - 123646 €
Financiamento Total - 123646 €
Instituicão Proponente - Universidade de Aveiro


Nos dias de hoje, os conflitos entre a agricultura e a qualidade do ambiente estão em crescimento e estão focados maioritariamente na utilização de agro-químicos, na alteração da biodiversidade, nos recursos genético, nas alterações climáticas e na qualidade da água.
O nosso objectivo será o de avaliar as respostas de organismos e plantas expostos a misturas de químicos, como é o caso de pesticidas e elementos metálicos presentes em fertilizantes. Estas respostas (e.g. crescimento da planta, acção de evitar por parte de animais ou o esforço reproductivo) serão introduzidas em modelos que descrevem as interacções entre químicos com modos de acção semelhantes ou díspares. Os objectivos específicos são os de testar as seguintes hipóteses: 1) Químicos com modo de acção semelhantes apresentam comportamentos de
"adição da concentração" dentro de uma mistura? 2) Químicos com modo de acção díspares apresentam comportamentos de "acção independente" dentro de uma mistura? 3) Poderão as bio-ferramentas (ensaios e modelos) ser usadas para prever este tipo de comportamento químico?
A resposta a estas perguntas irá trazer novas abordagens para: 1) avaliar cenários com possível contaminação proveniente da agricultura; 2) prevenir o aumento de toxicidade em solos devido ao adicional uso de outros compostos químicos; 3) melhorar a qualidade dos solos e da saúde humana.
Para isso, vários tipos de pesticidas (e.g. imidacloprid, diflubenzuron, prochloraz) e elementos metálicos (e.g. cádmio, cobre, chumbo) serão escolhidos tendo em conta o seu modo de acção e a sua combinação (com modos de acção semelhantes ou díspares) e serão testados utilizando bioensaios (objectivo 1 e 2). A selecção dos bioensaios foi baseada na sua consistência na utilização na avaliação do risco e, por isso, seleccionadas
espécies ecologicamente relevantes. Os resultados finais serão introduzidos nos modelos descritos anteriormente e os efeitos combinados estudados e discutidos (objectivos 1, 2 e 3). Os vários parâmetros escolhidos nos diferentes bioensaios serão também estudados para avaliar se diferentes parâmetros nos redireccionam para diferentes comportamentos para a mesma mistura. Esperamos que este estudo forneça mais informação sobre a sensibilidade dos organismos a diferentes combinações de químicos e os seus mecanismos de resposta.




Membros neste projecto
Amadeu Soares
investigador

bolseira

investigadora
Marta S. Monteiro
investigadora

aluno de doutoramento
Mónica J.B. Amorim
investigadora

Financiamento do CESAM: