Forging sustainability

  • LABORATÓRIOS

    O CESAM possui 2 laboratórios para além das infraestruturas associadas aos departamentos das Universidades: Laboratório piso 3 do Edifício III, Universidade de Aveiro Laboratório edifício 37, Universidade de Aveiro As instalações laboratoriais, possuem todo o equipamento necessário para desenvolver investigação nas áreas da oceanografia física, geologia marinha, meteorologia, hidrologia, química analítica e ambiental, qualidade da atmosfera, genómica, toxicologia, ecotoxicologia, biodiversidade, ecologia e gestão e planeamento costeiros. Mais detalhes sobre alguns dos equipamentos disponíveis podem ser visto aqui. Regulamento para acesso/utilização dos laboratórios.   CONTACTOS: cesam-laboratorios@ua.pt | +351 234247313; Ext.: 25006  

    ver mais
  • ECOMARE - LABORATÓRIO PARA A INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE DOS RECURSOS BIOLÓGICOS MARINHOS DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

    Centro de Extensão e de Pesquisa em Aquacultura e Mar (CEPAM): Atividades nas áreas de Biotecnologia Marinha; Ecologia; Biodiversidade e Serviços dos Ecossistemas; Aquacultura; Oceanografia, Geologia e Geofísica; Engenharia Naval e Aplicações robóticas navais; Engenharia Costeira; Energia Offshore; Geologia Marinha e Geofísica; e Estudos estratégicos para a avaliação de atividades económicas marítimas. Centro de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (CPRAM): Apoio no resgate, reabilitação e devolução à natureza de animais marinhos (aves, répteis e mamíferos); Investigação nas áreas de ecologia de populações, saúde animal, avaliação e mitigação de impactos antropogénicos no ambiente marinho, pesca sustentável e Àreas Marinhas Protegidas. CONTACTOS: CEPAM: Responsável Ricardo Calado CPRAM: Responsável Amadeu Soares LOCALIZAÇÃO: Porto de Pesca Costeira do Porto de Aveiro3830-565 Gafanha da Nazaré, Ílhavo, PORTUGALGPS 40°38'19.2"N 8°43'42.2"WGoogle Maps 40.638676, -8.728379 VISITAS: O ECOMARE é, apenas, parcialmente visitável. O ECOMARE é apenas visitável na componente dos laboratórios de investigação ligados ao desenvolvimento de projetos de aquacultura ou outros correlacionados. As visitas ao ECOMARE relacionadas com o CRAM-Centro de Reabilitação de Animais Marinhos consistem, apenas, numa apresentação realizada no auditório do edifício. Esta apresentação mostrará, através de imagens, as várias atividades realizadas e alguns dos animais marinhos que já estiveram em reabilitação no ECOMARE. Os animais no CRAM não podem receber visitas diretamente, uma vez que não devem ser sujeitos à pressão gerada pelos visitantes e à contaminação que possam representar, ao mesmo tempo que os visitantes (particularmente as crianças) não deverão ser expostos a possíveis patologias que os animais admitidos e em tratamento possam apresentar. As visitas, limitadas a grupos com um máximo de 35 pessoas, podem ser agendadas para as terceiras quartas-feiras de cada mês, exceto em agosto, nos seguintes horários: 10h às 12; 14h às 16h; 16h às 18h. As marcações e reservas são efetuadas por ordem de chegada dos pedidos, que devem ser efetuados para o email visitas@ua.pt. No entanto, grupos das escolas dos concelhos de Ílhavo e de Aveiro têm prioridade para o primeiro e último períodos de visita, desde que a reserva seja efetuada com, pelo menos, 30 dias de antecedência.    

    ver mais
  • A RIA DE AVEIRO COMO LABORATÓRIO NATURAL

    A Ria de Aveiro é uma laguna costeira localizada no Noroeste de Portugal (40?38’N, 08?45’W) que conecta a bacia hidrográfica do Rio Vouga ao Oceano Atlântico. A Ria consiste numa rede complexa de canais, zonas entremarés, sapais e pequenas ilhas supratidais. A Ria de Aveiro tem cerca de 45 km de comprimento e 10 km de largura cobrindo uma área que pode atingir 83 km2 de zona húmida (na maré cheia). Ao longo do seu comprimento, a Ria apresenta um gradiente de salinidade que varia entre cerca de 0 e 36. A Ria está classificada na rede Natura 2000 e inclui uma Zona de Proteção Especial (ZPE) que consiste numa extensa área de sapal, a maior área de sapal contínuo em Portugal e uma das maiores da Europa, e a área marinha adjacente. Este sistema lagunar tem uma geomorfologia única e possui um nível de contaminação relevante numa área de 2 km2 (Largo do Laranjo) devido a atividades industriais na zona. Deste modo, a Ria de Aveiro é um valioso laboratório, onde é possível desenvolver investigação relacionada com diversas áreas incluindo ecologia, biodiversidade, serviços de ecossistemas, ecotoxicologia, etc. A Ria de Aveiro faz parte da rede LTER, uma rede de investigação de grande escala temporal na área da Ecologia (Long-Term Ecological Research), sendo uma rede internacional (ILTER) agrupada à escala regional incluindo a rede Europeia LTER-Europe). Como sítio LTER e parte da rede LTER Portugal, a investigação realizada na Ria de Aveiro permite monitorizar e criar bases de dados relevantes na área das ciências naturais (dos organismos aos ecossistemas) e ciências sociais (dos cidadãos às instituições) usando uma abordagem transdisciplinar. A rede LTER faz atualmente parte da e-infraestrutura PORBIOTA e LifeWatch ERIC. Os dados recolhidos no contexto da rede LTER Ria de Aveiro estão armazenados na base de dados DEIMS-SDR, um sistema de gestão de informação que guarda a informação de locais usados na investigação de ecosistemas em todo o mundo. O CESAM também fornece dados na base de dados GBIF, nomeadamente relativos à distribuição espacial de Zostera noltei. Links adicionais com informação sobre a Ria de Aveiro como laboratório natural: Vídeo sobre Ria de Aveiro - Sítio LTER Projeto sobre a biodiversidade da Ria de Aveiro Fauna e flora da Ria de Aveiro como sítio Rede Natura 2000 Lista de visualizações de fauna e flora da Ria de Aveiro Laboratório de ictiologia, pescas e aquicultura Atividade pesqueira     

    ver mais
  • EMBARCAÇÃO PARA INVESTIGAÇÃO

    Barco com cabine (NEREIDE) equipado com um Acoustic Doppler Current Profiler (ADCP), um Conductivity, Temperature and Depth Profiler (CTD)  para medir parâmetros da água e sensores de turbidez (OBS). Para informação adicional, por favor contacte o Prof. Jesús Dubert.    

    ver mais
  • TORRES METEOROLÓGICAS

     O CESAM possui duas estações meteorológicas equipadas com piranómetros, anemómetros e pluviómetros. Estes equipamentos recolhem os dados que permitem uma monitorização contínua das condições ambientais, constituindo um registo a longo-termo de valiosa importância.    

    ver mais
  • TÚNEIS DE VENTO

    Túneis de vento de circuito aberto que permitem o estudo aerodinâmico em torno de obstáculos - edifícios e veículos, estudos de dispersão de poluentes em ambiente urbano, avaliação do conforto eólico pedonal, estudos de suporte ao planeamento urbano em contexto atual e de alteração climática, estudos de erosão eólica, entre outros. O Laboratório de Aerodinâmica da Atmosfera dispõe de dois túneis de vento: Túnel 1, de comprimento total 6 m, com uma secção de ensaio de 1,30×0,25×0,30 m (C×L×A) e com uma velocidade máxima de 70 km/h Túnel 2, com comprimento de 12 m, uma secção de ensaios de 6,5×1,5×1,0 m e uma velocidade máxima de 36 km/h. Para mais informações sobre a descrição técnica, termos e condições, por favor contacte Ana Miranda (miranda@ua.pt) ou consulte https://www-new.ua.pt/pt/gemac/page/11440.  

    ver mais
  • SISTEMA DE MESOCOSMOS AQUÁTICOS

    Este sistema de mesocosmos permite a manipulação experimental, de uma forma versátil, de parâmetros ambientais (químicos e físicos) e de cenários ecológicos que podem afetar as comunidades aquáticas e o funcionamento dos ecossistemas. O sistema é composto por 36 canais e foi desenvolvido para que os investigadores possam trabalhar com uma grande variedade de configurações e estudarem questões específicas. Cada sistema modular é composto por 3 canais de vidro (0,225 m x 2,000 m x 0,200 m, A x C x L) suportando um máximo de volume funcional de cerca de 80 L, e foi desenhado para poder ser usado com ou sem sedimento. O sistema pode trabalhar em regime de recirculação total ou parcial: os tanques estão ligados a uma bomba de filtração comum (0,500 m x 0,900 m x 0,630 m, A x C x L) que opera no máximo 280 L de água. A concepção do sistema permite usar diferentes tipos de poluentes, controlar fatores abióticos (temperatura da água e do ar, fluxo, química da água, nutrição, fotoperíodo, intensidade da luz, etc.) e usar desenhos experimentais estatisticamente robustos (replicação) para a investigação em ecologia e ecotoxicologia de comunidades    

    ver mais
  • COLEÇÃO BIOLÓGICA DE INVERTEBRADOS MARINHOS (COBI)

    Coleção Biológica de Invertebrados Marinhos (COBI) é um repositório de espécimes e coleções conjuntas que inclui tecidos congelados e outras amostras físicas (ex. bibliotecas de DNA e imagens digitais). A coleção contém espécimes desde a costa ao oceano profundo recolhidas em campanhas de amostragem associadas a vários projetos de investigação. Os espécimes estão a ser preparados para que sejam úteis e acessíveis a qualquer utilizador qualificado. A informação associada é gerida através de bases de dados em Specify 6 e GIS. O COBI também possui uma coleção bibliográfica de mais de 4000 referências que suporta a coleção biológica. CONTACTOS: aravara@ua.pt | +351 234247159  

    ver mais
  • INFRAESTRUTURA COMPUTACIONAL DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

    Sistema Computacional de elevada performance (ARGUS), uma plataforma que permite desenvolver trabalhos nas areas: Modelação oceânica Modelação atmosférica Modelação estuarina e costeira Modelação da qualidade do ar Bioinformática Para informação adicional aqui e pode contactar cesam-argus@ua.pt.  

    ver mais
  • SERVIÇOS TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS

    Os serviços técnico-administrativos do CESAM estão localizados no piso 5 do Edifício III, Universidade de Aveiro.

    ver mais
  • DEPARTAMENTOS

    O CESAM agrega investigadores de 5 departamentos da Universidade de Aveiro:  Biologia Química Ambiente e Ordenamemento Geociências Física O CESAM tem também um grupo de investigação composto na sua maioria por membros do Departamento de Biologia Animal da Universidade de Lisboa e integra investigadores do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA) e Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP).

    ver mais

Financiamento do CESAM: