Building the future by doing more together

TRADWATER – Utilização do saber tradicional na gestão sustentável da água para diferentes cenários de alterações climáticas
Celeste Coelho
POCI 2010
2005-10-01 - 2008-09-29 (36)
FCT
60956 €
90000 €



O objectivo principal deste projecto é o estudo de como os sistemas de irrigação tradicionais respondem a episódios climáticos invulgares, de forma a antever os problemas e desenhar estratégias mitigadoras. Os sistemas de irrigação tradicionais são muito sensíveis a alterações climáticas. Assim, a forma como as sociedades tradicionais respondem às crises ao nível da água em resultado as alterações globais. Este projecto procura identificar as técnicas e soluções organizacionais a essas alterações, e a definição de estratégias de adaptação e técnicas de mitigação baseadas no saber tradicional.
A utilização de sistemas tradicionais de gestão e conservação de água é, particularmente, evidente nas áreas marginais às zonas de concentrado crescimento económico e onde as actividades agrícolas e florestais ainda mantém o seu carácter tradicional. Estes sistemas tradicionais de gestão são fruto de uma construção cultural antiga e representam uma mais valia importante em termos da sustentabilidade das actividades produtivas locais no futuro.
Numa primeira fase do projecto pretende-se identificar e avaliar os sistemas tradicionais e modernos de gestão de água, no intuito de compreender os princípios subjacentes à sua organização física e social. Pretende-se, também, avaliar a disponibilidade dos recursos de água doce, com base em informação meteorológica e biofísica e no conhecimento empírico local, com o objectivo de criar uma base de dados de suporte à definição de cenários fiáveis de mudança global. Pretende-se ainda nesta fase realizar a avaliação do consumo de água nos diferentes usos do solo.
Na fase seguinte (2ª) pretende-se avaliar a eficiência dos diferentes sistemas de gestão de água, atendendo à multiplicidade dos usos, tanto na óptica da percepção local empírica como numa óptica da técnica moderna.
Perante os cenários de mudança global, 3ª fase, pretende-se analisar a percepção social face à gestão da água. Assim, será implementado um inquérito por questionário à população residente e realizadas entrevistas e sessões em grupos de trabalho, avaliando as opiniões, experiências e soluções dos diferentes agentes sobre esta problemática. Paralelamente, será analisada a estrutura legal e institucional, bem como os planos e programas, com incidência na preservação e melhoria dos sistemas tradicionais, visando avaliar a preparação desta estrutura face à mudança global.
A fase de participação e envolvimento da população e dos principais agentes pretende desenvolver as bases necessárias para uma estratégia concertada, visando a adaptação e mitigação dos impactes negativos da mudança global. Finalmente, na 4ª fase, serão definidas estratégias de mitigação e adaptação aos cenários de mudança, bem como princípios orientadores, recomendações e boas práticas para a gestão e conservação racional e sustentável dos recursos de água doce, constituindo instrumentos de suporte para os processos de tomada de decisão.
http://la.cesam.ua.pt/Website_TRADWATER/index.htm


Bolseiro
António Ferreira
Investigador
Celeste Coelho
Investigador Responsável

Financiamento do CESAM: