Building the future by doing more together

RECOVER - Estratégias de remediação de solos imediatamente após incêndios florestais
Celeste Coelho
PTDC/AGR/AAM/73350/2006
2007-06-01 - 2010-11-30 (42)
Fundação para a Ciência e para a Tecnologia
86518 €
170340 €
Universidade de Aveiro

Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC/IPC)
Universidade do Minho (UM)

RECOVER almeja desenvolver técnicas mitigadoras e estratégias para a redução da degradação do solo e da água imediatamente após os incêndios florestais. A frequência dos referidos incêndios florestais tem vindo a aumentar, fruto das mudanças climáticas e do deficiente planeamento florestal, com severos impactes ao nível da fertilidade e estrutura dos solos. Como consequência provoca erosão da camada superior dos solos, onde se localizam, na maioria dos solos portugueses, os únicos nutrientes existentes. Esta mobilização de nutrientes ocorre nos primeiros eventos chuvosos outonais, e como tal, a exportação dos sedimentos e dos nutrientes, normalmente acontece nos primeiros 4 meses após os incêndios. A velocidade a que a perda de cada nutriente ocorre e a extensão dos incêndios florestais, é uma condicionante em termos de custos e baliza as soluções que se podem implementar para a redução da degradação do solo e da água. RECOVER apresenta uma abordagem inovadora baseada em levantamentos de campo das propriedades do solo e da vegetação após a ocorrência de incêndios florestais, cujos resultados serão usados para a construção de uma base de dados em ambiente SIG que servirá para identificar os locais críticos, com recurso a um modelo conceptual de geomorfologia dinâmica, que será validado pelas subsequentes visitas ao campo após as chuvas de Outono. O principal objectivo desta primeira fase é o da produção de um manual de campo, que providenciará aos planeadores florestais uma ferramenta que lhes permitirá de forma expedita identificar onde intervir para obter os melhores resultados efectivos em termos da conservação do solo e da água. Adicionalmente, o RECOVER testará um conjunto de soluções praticáveis por forma a reduzir a lavagem das cinzas, como sejam o uso de matéria orgânica, de sobras florestais, de troncos, a mobilização do solo, sementeiras, etc., quer individualmente, quer em associação. A metodologia proposta apresenta uma integração inovadora de técnicas quantitativas de campo. A avaliação da eficiência das diferentes metodologias será realizada em termos dos resultados da conservação do solo e da água, custos e aceitabilidade pelos agentes locais e partes interessadas. Com efeito, o RECOVER irá proceder a análises de percepção junto de todos os intervenientes no planeamento florestal. Tal abordagem é essencial afim de produzir soluções praticáveis que poderão ser facilmente adoptadas pelos planeadores florestais bem como pelos proprietários florestais. Para melhor compreender os processos de degradação e como as diferentes técnicas melhoram a conservação do solo e da água em áreas ardidas, será efectuada experimentação com recurso a lisímetros, para estudar detalhadamente a escorrência e os fluxos de percolação (incluindo água e nutrientes), para diferentes intensidades de fogo, declives, exposições, tratamentos, etc. O projecto dará origem a um manual que identificará os locais onde as intervenções deverão ter lugar para se obter os melhores resultados em termos de custos efectivos e as técnicas mais adequadas a cada situação. Será redigido para os agentes locais e para as partes interessadas. RECOVER definirá estratégias e recomendações para mitigar a perda de nutrientes.


http://www.lasics.uminho.pt/recover/


Investigador
António Ferreira
Investigador
Celeste Coelho
Investigador Responsável

Investigador
Bolseiro
Sandra M. Valente
Investigador
Sérgio Prats Alegre
Investigador

Investigador

Financiamento do CESAM: