Building the future by doing more together

Impacto do ambiente Interior na Saúde Humana
Investigador responsável no CESAM - Casimiro Pio
Programa - PTDC/SAU-ESA/65597/2006
Período de Execução - 2008-08-01 - 2011-07-31 (36 Meses)
Entidade Financiadora - FCT
Financiamento para o CESAM - 85039 €
Financiamento Total - 176859 €
Instituicão Proponente - Instituto Tecnológico e Nuclear
Instituições Participantes
Universidade de Aveiro
Instituto de Soldadura e Qualidade
Instituto Ricardo Jorge

Pretende-se neste estudo: Avaliar a representatividade de amostradores únicos em estudos epidemiológicos através do uso de biomonitores; Obter um mapeamento de concentração de metais pesados na cidade de Lisboa com o objectivo de estabelecer uma relação entre a qualidade do ar exterior e a incidência de asma e rinite A,valiar a influência do ambiente exterior no ambiente interior; Avaliar a influência de diferentes materiais de construção e hábitos na qualidade de ar interior; Avaliar a importância da qualidade de ar interior e exterior na incidência de asma e rinite; Avaliar a importância da qualidade de ar interior e exterior no sucesso escolar. O presente projecto complementa o projecto em curso POCI/AMB/55878/2004, cuja base de estudo são as crianças de 6 e 7 anos (até 30/6/2006) do 1º ciclo do Ensino Básico na cidade de Lisboa, que visa correlacionar episódios do ambiente exterior com episódios de asma e rinite. As escolas contactadas e colaborantes são 62, os questionários às crianças estão em curso, estando a constatar-se que cerca de 30% das crianças questionadas têm sintomatologia asmática e/ou rinítica. A sintomologia rinítica apresenta valores crescentes de Outubro a Maio, com 6% e 15% dos casos, respectivamente. Por isso, um amostrador de matéria particulada irá recolher matéria particulada diariamente entre Outubro de 2006 e Maio de 2007 num local da cidade de Lisboa, para obtenção das concentrações elementares totais e contabilização de episódios do ambiente exterior. O presente projecto estudará as correlações do ambiente interior com asma e rinite, tomando como população as crianças questionadas no projecto POCI/AMB/55878/2004 para uma selecção de salas de aula não superior a 30. Tentar-se-à ainda correlacionar ambiente interior com insucesso escolar. Para verificar a representatividade de um único amostrador para a cidade de Lisboa, será efectuado um mapeamento espacial de metais pesados recorrendo ao uso de biomonitores [1-3] -casca de um mesmo tipo de árvore -a recolher nos pátios de recreio das escolas seleccionadas. A selecção das escolas terá como base o número de crianças com asma e rinite por escola, tomando como controlo as crianças sem aquelas sintomatologias. Crianças filhas de mãe, pai ou pais fumadores não serão tidas em conta para a selecção, por terem em casa um ambiente interior diferenciado que pode confundir o estudo. Só serão consideradas as crianças que habitem na zona onde a escola que frequentam está inserida. Será tida em conta na selecção a idade de construção dos edifícios escolares, para maior diversificação do ambiente interior. Será construída uma base de dados com o volume das salas de aula, o estado de conservação das mesmas, os materiais de construção que revestem as paredes e o soalho, os materiais de fabrico do imobiliário, o número de crianças por sala, o número de horas de ventilação por dia, os produtos utilizados na limpeza e os materiais utilizados pelos professores na exposição da matéria escolar. Colectores passivos para recolha de matéria particulada – folhas A4 de um material adequado como por exemplo acetato de celulose, serão colocados nas salas de aula (4 réplicas/sala) em simultâneo nas escolas seleccionadas. A deposição gravimétrica será recolhida durante o tempo de permanência das crianças em estudo nas salas, sendo encerradas hermeticamente em caixas de polietileno em situação de não permanência. Os colectores passivos permanecerão por períodos de 3 meses durante 3 campanhas contínuas, com início em 1 de Outubro de 2007. A deposição será analisada para determinação mássica, determinação elementar total, pólens e radionuclidos naturais. Num período a optimizar por campanha serão colocados analisadores passivos de voláteis orgânicos, aldeidos e cetonas nas salas durante a actividade escolar, em simultâneo nas escolas seleccionadas. Para determinação dos níveis de monóxido e dióxido de carbono medidores portáteis serão colocados nas salas durante a actividade escolar, por períodos a optimizar, para registo dos valores antes do início da aula, no início do intervalo, após o intervalo, e no final da aula, em sequência por salas e em sequência por escolas. A temperatura e a humidade no início e no fim da actividade escolar diária serão registadas. Para determinação de fungos e bactérias proceder-se-á à recolha de amostras de paredes e/ou soalhos. A influência do ambiente exterior sobre o ambiente interior será avaliado por medição de NOx e pela quantidade de Pb-210 nos dois ambientes. Os dados de saúde englobarão os registos dos dias em que as crianças em estudo tiveram ou não sintomatologias do foro respiratório, durante as 3 campanhas de amostragem do ambiente interior, com início em Outubro de 2007. Para estudos estatísticos relativamente ao insucesso escolar, será criada uma base de dados com os resultados dos testes de avaliação e dos resultados finais obtidos pelas crianças em estudo no ano lectivo de 2007/2008.




Membros neste projecto
Casimiro Pio
Investigador Principal
Célia A. Alves
investigadora

aluna doutoramento
Teresa Nunes
investigadora

Financiamento do CESAM: