Building the future by doing more together

Desenvolvimento de um biosensor para detecção de catecolaminas (CATSENSOR)
Investigador Responsável - Teresa Alexandra Peixoto da Rocha Santos
Período de Execução - 2008-01-01 - 2011-05-31 (41 Meses)
Entidade Financiadora - FCT
Financiamento para o CESAM - 13500 €
Financiamento Total - 81300 €
Instituicão Proponente - Instituto Piaget
Instituições Participantes
Universidade de Aveiro
Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Este projecto desenvolverá um biosensor de fibra óptica para análise, selectiva e sensível, de catecolaminas. O reduzido tempo de análise aliado à não necessidade de pré-tratamento das amostras fornecerá resultados rápidos contribuindo para aumentar a qualidade dos diagnósticos médicos. Num primeiro passo o biosensor será montado experimentalmente e optimizado utilizando soluções padrões. O biosensor será constituido por um laser díodo de 1 mW e 1550 nm, uma fibra óptica introduzida num tubo capilar e um fotodetector colocado no extremo oposto ao do laser. Num segundo passo, será efectuada imobilização de uma enzima (previamente seleccionada), na superfície da fibra óptica, através de encapsulamento num filme sol-gel. O biosensor será testado quanto à estabilidade do sinal analítico estudando parâmetros tais como pH, concentração de substracto e concentração de enzima e aplicado à detecção de amostras sintéticas comparando os resultados com os obtidos por associação de HPLC com detecção electroquímica. Num terceiro passo o biosensor será aplicado a amostras reais (amostras clínicas de urina e sangue humanos e amostras de investigação). Num quarto passo o biosensor reajustado com vista à miniaturização do mesmo e será construído um prototipo e testado com as mesmas amostras reais.




Membros neste projecto

Investigador

Financiamento do CESAM: