Building the future by doing more together

EVALUSE - Vulnerabilidade Ambiental da Área Mineira de Aljustrel em Termos de Ocupação do Solo
Investigador Responsável - Henrique José Figueiredo Garcia Pereira
Investigador responsável no CESAM - Celeste Coelho
Programa - Programa Operacional Ciência e Inovação 2010
Período de Execução - 2005-08-31 - 2008-07-31 (35 Meses)
Entidade Financiadora - FCT
Financiamento para o CESAM - 6505 €
Financiamento Total - 60000 €
Instituicão Proponente - Instituto Superior Técnico
Instituições Participantes
Universidade de Aveiro


Desde a pré-história até aos finais do milénio passado a exploção mineira foi um factor preponderante na estruturação económica e social das populações nas regiões circundantes dessas explorações. A Faixa Piritosa Ibérica, onde se encontra a região de Aljustrel, constitui o maior distrito mineiro europeu, estendendo-se por uma faixa de aproximadamente 250 Km de comprimento e 1 Km de largura que atravessa o sul da Península Ibérica, onde são conhecidas inúmeras minas, abandonadas ou activas. A Vila de Aljustrel desenvolveu-se em torno das 6 explorações de sulfuretos maciços polimetálicos que a rodeiam. Estas tiveram um contributo positivo no crescimento sócio-económico da área. No entanto verifica-se igualmente um contributo negativo, resultante do impacto, quer visual quer ambiental, do processo mineiro na região, condicionando a qualidade de vida da população devido à contaminação de solos, sedimentos e águas. Numa altura em que se prevê o recomeço da exploração mineira em Aljustrel, torna-se fundamental a avaliação da vulnerabilidade ambiental da área, de forma a poder identificar zonas sensíveis que possam afectar os recursos naturais da região e o bem estar das populações. A metodologia proposta neste projecto visa um estudo integrado de vários parâmetros, nomeadamenteno domínio da geoquímica (solos e sedimentos), qualidade da água superficial e subterrânea, indicadores sócio-económicos e ainda informação obtida por imagens de satélite (Landsat e Quickbird). Pretentede-se, com base em técnicas geoestatíscas (krigagem e simulação condicional), fazer uma estimação dos parâmetros medidos no terreno de forma a construir um modelo de distribuição espacial dos mesmos com o objectivo de identificar áreas onde o potencial dano causado pela contaminação de solos eda água se faça sentir. A análise conjunta das imagens de satélite e dos mapas de estimação obtidos permitem caracterizar e quantificar as áreas contaminadas, utilizando uma base de dados de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para integrar toda a informação disponível, tanto a que corresponde ao trabalho de campo como o uso do solo, obtido por detecção remota. Paralelamente será conduzido um estudo socio-económico da área envolvente a Aljustrel com o objectivo de efectuar a sua caracterização do ponto de vista das suas actividades socio-económicas que possam ser postas em risco pela eventual contaminação resultante da actividade mineira. Esta informação irá ser, de forma conjunta, integrada na cartografia de vulnerabilidade da região, obtendo-se desta forma uma ferramenta, facilmente compreendida pelos organismos competentes, que permita uma optimização dos recursos a partir de um sistema de apoio à decisão.




Membros neste projecto
Celeste Coelho
Investigador Responsável

Financiamento do CESAM: