Caring about the future

DepurPlus - Otimização dos processos de depuração de moluscos bivalves
Investigador Responsável - Rui Jorge Miranda Rocha
Programa - PROMAR (31.03.05.FEP.0065)– Eixo 3 - Projetos Piloto e Transf. Embarcações de Pesca
Período de Execução - 2015-03-01 - 2015-12-03 (9 Meses)
Entidade Financiadora - cofinanciado pelo Programa Operacional Pesca 2007-2013 e pelo Fundo Europeu das PEscas (EFF)
Financiamento para o CESAM - 196776 €
Financiamento Total - 196776 €
Instituicão Proponente - Universidade de Aveiro


Descrição do Projecto
O projeto DepurPlus tem como objetivo otimizar o processo de depuração de moluscos bivalves. Utilizaremos como modelos biológicos quatro espécies de moluscos bivalves com importância económica para a região abrangida pela zona de produção da Ria de Aveiro: amêijoa boa (Ruditapes decussata), amêijoa macha (Venerupis pullastra), ostra (Crassostrea gigas) e berbigão (Cerastoderma edule). No início do projeto serão desenvolvidos sistemas modulares de depuração, que apresentaram algumas vantagens comparativamente aos sistemas que presentemente existem no mercado, tais como: baixos custos de operação, maior facilidade de controlo do processo de depuração, maior eficácia na desinfeção da água de depuração, ou maior facilidade de manutenção dos sistemas. A componente experimental do projeto será dividida em 5 Tarefas: 1) Otimização da desinfeção da água de depuração dos moluscos bivalves pela manipulação da intensidade (µW.s.cm-2) da R UV-C aplicada e da regulação do caudal de água no sistema UV, de modo a otimizar o tempo de exposição dos micro-organismos presentes na água; 2) Avaliação da temperatura e salinidade ótimas para depuração dos moluscos bivalves estudados; 3) Otimização da carga biológica a depurar (kg.L-1) e do tempo de depuração para as 4 espécies estudadas; 4) Comparação do resultado final da depuração dos moluscos depurados nos módulos DepurPlus com os moluscos bivalves presentes no mercado, provenientes de zonas B e C, e avaliação dos moluscos bivalves comercializados provenientes de zonas A; 5) Elaboração de um plano de avaliação dos benefícios económicos para o sector, resultantes da aplicação destas novas metodologias para a depuração de moluscos bivalves. As análises microbiológicas para avaliação dos processos de depuração (Tarefas 1 – 3) e para comparação dos moluscos bivalves depurados com a metodologia desenvolvida neste projeto com moluscos bivalves comercializados no mercado (Tarefas 4), realizar-se-ão com métodos de biologia molecular, através da técnica de “Polymerase chain reaction” (PCR) em tempo real, que permite identificar e quantificar bactérias e vírus presentes nos moluscos bivalves antes e após a sua depuração. Este projeto permitirá desenvolver sistemas de depuração modulares que facilmente poderão ser implementados comercialmente, que permitem a otimização do processo de depuração, e sobretudo permitem, através da identificação e quantificação de agentes potencialmente patogénicos, otimizar o controlo de qualidade dos moluscos bivalves comercializados, e contribuir de forma significativa para a melhoria da segurança alimentar.




Membros do CESAM neste projecto

Bolseira

Financiamento do CESAM: UIDP/50017/2020 + UIDB/50017/2020 + LA/P/0094/2020