Building the future by doing more together

Entomologia Forense: Banco de Dados Morfométricos e Moleculares (mtDNA) necessários à identificação de espécies (Diptera e Coleoptera) com interesse forense.
Investigador Responsável - Maria Teresa Ferreira Ramos Nabais de Oliveira Rebelo
Investigador responsável no CESAM - Maria Teresa Ferreira Ramos Nabais de Oliveira Rebelo
Programa - PTDC/SAU-ESA/101228/2008
Período de Execução - 2010-02-01 - 2013-06-30 (41 Meses)
Entidade Financiadora - FCT
Financiamento para o CESAM - 120000 €
Financiamento Total - 120000 €
Instituicão Proponente - Universidade de Lisboa
Instituições Participantes
Universidade de Aveiro


A entomologia forense (ciência que aplica o estudo de insectos a procedimentos jurídico- legais) e em particular o conhecimento de Diptera e Coleoptera com hábitos necrófilos e necrófagos, tem sido uma área de estudo negligenciada em Portugal.
Recentemente, algum trabalho tem vindo a ser desenvolvido no nosso país, e em Espanha. Como variações regionais e sazonais nos padrões das sucessões entomológicas podem alterar profundamente as estimativas do intervalo pós-morte(IPM), há necessidade de verificar a consistência desses padrões em Portugal. Adicionalmente, as identificações entomológicas precisas são cruciais, mas por vezes, tornam-se impossíveis devido a variações intra-específicas e diferenças morfológicas inconspícuas inter-específicas. Nos últimos anos, a caracterização molecular destas espécies tem sido usada com sucesso, uma vez que permite uma identificação rápida, inclusive de espécimes imaturos.
O principal objectivo deste projecto é preparar uma Base de Dados morfométricos e moleculares (mtDNA) necessárias à identificação de Diptera e Coleoptera com interesse forense. Os principais objectivos da equipa são i) recolher informação morfológica sobre adultos e estádios imaturos das espécies que permitam uma fácil identificação e ii) recorrendo a marcadores moleculares do mtDNA (RC e COI) determinar sequências específicas que serão depositadas na Base de Dados do Barcode no Museu de História Natural de Lisboa para servir de referência. Espera-se que, no futuro, haja uma expansão da infra-estrutura desta Base de Dados a outros grupos de insectos, através da colaboração com outras equipas de investigação.
Os trabalhos serão desenvolvidos nos laboratórios do CBA, pela equipa que possui anos de experiência em investigação relacionada com a área de estudo.
Com este projecto pretende-se cobrir a lacuna que existe na área da investigação fundamental e aplicada no domínio entomologia forense em Portugal, fornecendo aos técnicos, investigadores e médicos forenses, importantes ferramentas que contribuirão, certamente, para decisões mais precisas e fundamentadas.




Membros neste projecto
Deodália Dias
Investigadora

Financiamento do CESAM: