Building the future by doing more together

CRUSTAPANHA - Contribution to the sustainable management of small mud crabs fisheries
Coordinator - Francisco Leitão
CESAM Responsible researcher - Cristina B. Pita
Programme - Programa MAR2020 (MAR-16-01-04-FMP-0005)
Execution dates - 2018-09-01 - 2021-08-31 (36 Months)
Funding Entity - Programa MAR2020, Portugal 2020 e União Europeia através do FEAMP - Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas
Proponent Institution - Universidade do Algarve
Participating Institutions
Universidade de Aveiro


[content only available in portuguese]

O presente trabalho consiste na primeira caracterização científica e integrada do estudo da pesca e apanha de caranguejo em Portugal. Os trabalhos multidisciplinares a desenvolver implicam estudos científicos e a de colaboração profissionais do sector (Associações de pescadores e de produtores), que visam obter informação sobre diversos aspetos da biologia, ecologia, pesca e interação pesca-ambiente no que refere aos pequenos caranguejos capturados nas zonas estuarinas e lagunares em Portugal (Sul: Ria Formosa, Ria do Alvôr; Centro: Estuario do Tejo e Sado; Norte: Ria de Aveiro). Como principais objetivos do estudo, destacam-se a descrição geral da pescaria e caracterização da apanha (analise socioeconómica) e realização de pescarias experimentais com os pescadores envolvidos para avaliação dos rendimentos/abundâncias de caranguejos. Serão realizadas saídas de campo para caracterização das comunidades e dos habitantes associados a cada espécie bem como a quantificação das abundâncias por áreas para cada local/sistema de estudo (mapeamento da distribuição das diferentes espécies). O estudo da biologia da espécie incidirá particularmente sobre a estimação da idade e crescimento e sobre a definição do ciclo reprodutivo das espécies alvo. Os trabalhos de biologia permitirão estabelecer medidas mínimas de captura, ex. épocas de defeso, bem como limites e quantidades diárias de apanha. Serão feitas colheitas para capturas das larvas de caranguejos (zooplâncton) e o efeito do ambiente nas populações dos caranguejos estudadas. Tal permitirá despistar se as oscilações das abundâncias de caranguejos, e das suas larvas, são devidas à pesca, ao ambiente ou interação pesca-ambiente. Os estudos de ecologia incidirão na competição por espaço e alimento. Esta tarefa permitirá verificar se a apanha de uma determinada espécie de caranguejo facilita o desenvolvimento de outras espécies de caranguejo, e o consequente efeito nas presas que podem ser comunidades interesse comercial, como os bivalves (ameijoa). Outro aspeto relevante, nesta área é o papel da atividade dos caranguejos para a qualidade dos fundos/habitats. No geral, a informação obtida irá permitir a implementação de diversas medidas de gestão, através da definição do nível de exploração sustentável do recurso, desenvolvimento de estratégias de conservação, promoção da gestão integrada em zonas de proteção natural e potencial estabelecimento de regulamentação específica para a apanha e pesca de caranguejos. Por último, espera-se que tenha um elevado impacto socioeconómico já que esta atividade permite a subsistência de várias famílias que se dedicam á apanha e indiretamente que possa contribuir permitir ajudar a regulamentar outros sectores da pesca que utilizam o caranguejo com isco vivo, ex. Pesca do polvo.




Members on this project
Cristina B. Pita
Coordinator

CESAM Funding: