Building the future by doing more together

ReACT - Análise de Risco na Península de Fildes: contribuindo para melhorar as ações de proteção ambiental na Antártida
Investigador Responsável - Joana Luísa Lourenço Estevinho Pereira
Programa - PROPOLAR 2016-2017 - Programa Polar Português
Período de Execução - 2018-02-20 - 2019-12-31 (22 Meses)
Entidade Financiadora - FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Financiamento para o CESAM - 4000 €
Financiamento Total - 4000 €
Instituicão Proponente - Universidade de Aveiro
Instituições Participantes
Universidade do Porto
Instituto Superior Técnico (IST), Universidade de Lisboa

A Antártida é frequentemente considerada uma região intocada, mas a poluição dos ecossistemas antárticos tem sido registada. No entanto, são raros os estudos em que sejam integradas análises químicas (contaminação ambiental), dados ecológicos (efeitos na biota) e evidências ecotoxicológicas (relações causa-efeito). Neste projeto pretende aplicar-se uma Análise de Risco Ambiental estruturada, recolhendo e integrando dados relativos a estas três linhas de evidência, à península de Fildes, que tem sido destacada como um ponto quente de contaminação por elementos-traço (ET). O solo, a água doce e os sedimentos costeiros serão as matrizes analisadas quanto ao conteúdo em ET, à biodiversidade e funções que suportam e aos efeitos tóxicos que induzam em espécies indicadoras. Pretende dar-se um contributo efetivo para ações de proteção/gestão ambiental na Antártida, particularmente através da produção de mapas de risco em software SIG que constituem um apoio robusto à decisão neste contexto.


Membros neste projecto

Investigadora
Joana Luísa Pereira
Coordenadora

Financiamento do CESAM: