Caring about the future

REFRESH - Redução do risco microbiano associado a vegetais cultivados na região de Estarreja
Investigador Responsável - Isabel Henriques
Período de Execução - 2014-07-01 - 2015-06-30 (12 Meses)
Entidade Financiadora - Observatoire Hommes-Millieux - Estarreja
Financiamento para o CESAM - 6000 €
Financiamento Total - 6000 €
Instituicão Proponente - Universidade de Aveiro


Descrição do Projecto

Apesar dos enormes avanços em termos de tecnologia alimentar, infecções com origem em alimentos continuam a ser uma importante causa de morbilidade e mortalidade a nível mundial. Os vegetais, particularmente os vegetais que são consumidos crus (e.g. alface, espinafre, agrião, etc.), são um veículo importante para a transmissão de agentes patogénicos de humanos. A contaminação destes produtos pode ocorrer em diversos pontos da cadeia de produção e distribuição. Um dos pontos críticos em termos de contaminação é a irrigação. A agricultura é uma actividade predominante no município de Estarreja. Cerca de metade da bacia do Antuã é ocupada por campos agrícolas. Estes campos são frequentemente irrigados com água captada directamente do rio. Entre as culturas predominantes encontram-se os vegetais, particularmente a alface mas também espinafres, agriões etc. O rio Antuã recebe efluentes contaminados de diferentes origens bem como outras fontes de contaminação pontuais, traduzindo-se numa baixa qualidade da água neste rio.  Estudos anteriormente realizados verificaram ainda uma elevada prevalência de bactérias resistentes a antibióticos com uma importância muito elevada em termos de saúde humana. A contaminação de vegetais com bactérias patogénicas e/ou resistentes a antibióticos constitui um sério risco para a saúde humana. O principal objectivo deste projecto é minimizar os riscos microbiológicos associados a vegetais cultivados no município de Estarreja. Para isso a qualidade microbiológica dos vegetais será avaliada, serão desenvolvidos métodos rápidos e baratos para proceder a esta avaliação e serão estabelecidas directrizes a adoptar pelos diferentes intervenientes (e.g. produtores, autoridades municipais, autoridades de saúde). 






Membros do CESAM neste projecto

Investigador
Isabel Henriques
Investigador Principal
Marta Tacão
Investigadora

Financiamento do CESAM: UIDP/50017/2020 + UIDB/50017/2020 + LA/P/0094/2020