Building the future by doing more together

DRuMBEAT - Dirt-based microorganisms towards soil bioremediation of multiple contaminants
Investigador Responsável - Flávio Castro Silva
Programa - OHMI Estarreja - Observatoire Hommes-Millieux International Estarreja
Período de Execução - 2017-06-01 - 2018-12-31 (19 Meses)
Entidade Financiadora - CNRS/INEE, via OHMI
Financiamento para o CESAM - 5000 €
Financiamento Total - 5000 €
Instituicão Proponente - Universidade de Aveiro
Instituições Participantes
Universidade Nova de Lisboa

Para além de os solos de Estarreja conterem contaminantes persistentes, as actuais técnicas de remediação são frequentemente ineficazes na abordagem a múltiplos contaminantes. O biochar – biomassa pirolisada para promover a sequestração de carbono e a produtividade primária – apresenta um potencial duplo para a descontaminação de solos: a sua porosidade elevada pode promover a adsorção de contaminantes, mas também de condições de habitat para o desenvolvimento de culturas microbianas. Por hipótese, os microbiomas existentes em solos contaminados apresentam melhores capacidades para sobreviver nesses ambientes adversos, possibilitando assim uma melhoria dos serviços de ecossistema proporcionados pelo solo. Este projecto propõe uma nova técnica de remediação de solos contaminados, combinando o uso de biochar e o desenvolvimento de culturas microbianas mistas recolhidas nos solos contaminados previamente identificados em Estarreja, e posteriormente estimuladas para oxidarem contaminantes orgânicos e inorgânicos.




Membros neste projecto
Jan Jacob Keizer
Investigador

Financiamento do CESAM: