DESTAQUES

MEC2019 - 5ª Conferência sobre Morfodinâmica Estuarina e Costeira

A 5ª Conferência sobre Morfodinâmica Estuarina e Costeira vai realizar-se na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, de 24 a 26 de junho de 2019. Este evento é apoiado pelo CESAM através de membros na comissão científica e organizadora e pretende ser um fórum de apresentação de trabalhos de investigação relacionados com a morfodinâmica das zonas costeiras. Para além disso, pretende-se ainda fomentar a discussão de ideias e alargar o conhecimento e a informação sobre a zona costeira. Os trabalhos para apresentação oral ou em poster podem ser submetidos dentro dos seguintes temas: Dinâmica estuarina e costeira Metodologias de estudo e análise de dados Impactos das alterações climáticas na zona costeira Intervenções antrópicas na zona costeira Riscos costeiros Ordenamento e gestão da zona costeira  Serão ainda aceites comunicações sobre divulgação de projetos de investigação relacionados com a morfodinâmica estuarina e costeira. Datas importantes: Envio de resumos (até 2 páginas): 28 de fevereiro 2019 Aceitação dos resumos: 30 de março 2019 Inscrições a preço reduzido: 30 de abril 2019 Inscrições regulares: 24 de junho 2019

ver mais

AVISOS

  • A plataforma CIÊNCIAVITAE irá substituir as antigas plataformas da FCT

    A plataforma CIÊNCIAVITAE é um currículo único, personalizado, simples e estruturado que compila a informação atualmente dispersa em múltiplas plataformas tais como FCT-SIG CV, DeGóis, RENATES, REBIDES, ORCID e RCAAP. As plataformas semelhantes que agora existem, serão descontinuadas por fases e o CIÊNCIAVITAE estará completamente operacional em 2021. A partir do dia 1 de março de 2018 deixará de ser possível criar novos currículos na plataforma FCT-SIG, e depois de 1 de julho de 2018 já não será possível editar os currículos existentes. A FCT disponibiliza bastante ajuda e tutoriais que ajudam no processo de transição entre plataformas.

  • Vai ter um contrato de investigador(a)?

    [Conteúdo apenas disponível em inglês] If yes, please pay attention! When you start your contract of researcher you are no longer an integrated member of CESAM! "Oh no! What should I do?" When you confirm the starting date of your contract with the UA human resources department you should send an email to cesam@ua.pt, directed to the Scientific Coordinator of CESAM, requesting that you want to be an integrated member of CESAM and indicating the starting date of the contract. "And it is done?" No! If you have your CV updated in CESAM webpage, please indicate that in the e-mail. If not, briefly state how your research contributes to the strategy of CESAM and send a summarized CV. "But why?" Because, according to the regulation of CESAM, if you are not a post-doc fellow you need to have a minimum scientific production to be an integrated member (Annex I of the regulation). Please note that all the researchers in CESAM go through this process! "And then?" Your request will be analysed and voted in one of the meetings of the Scientific Council Coordinating Commission of CESAM and you will be notified on the decision.


NOTíCIAS

  • Cidade do Porto precisa de mais áreas verdes para combater ondas de calor

    Investigação do CESAM, conclui que a cidade do Porto precisa de tomar medidas urgentes para combater as ondas de calor cada vez mais frequentes, intensas e nefastas para o ambiente e a saúde humana. Algumas soluções passam por ter novas áreas verdes, expandir os jardins e parques já existentes e utilizar vegetação e plantas nos telhados e coberturas de edifícios. A utilização de cores claras em telhados e pavimentos urbanos também será uma ajuda para refrescar a cidade. Mais informações sobre o estudo de David Carvalho e Carlos Borrego podem ser lidas aqui.

  • Workshop “Orienting Young Scientists of EuroMarine” aproxima EuroMarine dos jovens investigadores ligados às ciências marinhas

    Nos passados dias 28 e 29 de Janeiro de 2019, antecedendo à Assembleia Geral do EuroMarine a decorrer nessa mesma semana, o Young Scientist Working Group (YSWG) da rede EuroMarine realizou um workshop em Cádiz, Espanha, organizado pelo CEI-MAR e a Universidade de Cádiz, com o objetivo de: Analizar e discutir os resultados do questionário elaborado e distibuido pelo YSWG no passado mês de Outubro de 2018 direccionado aos jovens investigadores das ciências marinhas na Europa, principalmente aos afiliados às instituições membras do EuroMarine; Identificar as principais motivações e preocupações do jovens investigadores relativamente à investigação académica e carreira profissional; Planificar o futuro do YSWG, explorando o potencial de establecer uma presença permanenet no EuroMarine e expandir a comunidade do YSWG; Elaborar uma síntese do trabalho elaborado pelo YSWG durante o 1º ano de existência bem como os resultados do questionário, a ser apresentado à Assembleia Geral do EuroMarine. Os outputs do trabalho realizado pelo YSWG beneficiam diretamente o EuroMarine na medida em que pode potenciar a exposição das perspetivas dos jovens investigadores relativamente a certos tópicos e problemáticas potencialmente negligenciadas por investigadores seniores e propôr/desenvolver actividades e plataformas orientadas aos jovens investigadores a serem disponibilizadas à comunidade de investigadores das ciênicas marinhas. Adicionalmente, os promotores da plataforma OpenAIRE proporcionaram uma sessão de treino aos participantes do workshop sobre as potencialidades da plataforma em potenciar o open access e a transparência na comunicação dos resultados da investigação académica. Um pequeno vídeo da sessão pode ser consultado aqui. Marco Custódio, estudante do programa doutoral do Campus do Mar e membro do CESAM, é o representante do CESAM no YSWG. Os resultados do questionário serão divulgados à comunidade do CESAM em tempo oportuno.

  • Natura +: Um projeto de ciência cidadã para monitorizar a Rede Natura 2000

    No passado dia 14 de janeiro, foi lançado o projeto Natura +. A Natura + tem como missão divulgar a Rede Natura 2000 e a vida selvagem que esta alberga em Portugal. Pretende também, com o apoio dos cidadãos, reunir informação científica útil para a monitorização e gestão dos sítios portugueses desta rede internacional de áreas protegidas. Para isso, o projeto aposta na disponibilização de várias atividades de ciência cidadã direcionadas para o público em geral e para as escolas. No momento, estão disponíveis no website do projeto atividades relacionadas com a qualidade dos solos, os resíduos sólidos existentes nas margens de cursos de água, a monitorização de lontras e de morcegos. Qualquer pessoa pode realizar estas atividades e, ao partilhar os seus dados com a Natura +, estará a contribuir para o estudo e conservação da biodiversidade de Portugal. Este projeto é parte integrante de uma tese de Doutoramento em divulgação de ciências, desenvolvida por Sofia Oliveira, que é orientada pelos investigadores Ruth Pereira (GreenUPorto), Paulo Santos (CIIMAR-UP) e Joana Pereira (CESAM). Pode consultar mais informações sobre este projeto nas plataformas digitais da Natura +:    Website    Facebook    Instagram    Youtube

  • Investigador do CESAM na organização da Conferência Anual da British Ornithologists’ Union

    José Alves, membro do CESAM & DBio, é um dos organizadores da conferência anual da BOU-Conferência Anual da British Ornithologists’ Union sob o tema “Tracking migration: drivers, challenges and consequences of seasonal movements”. A equipa organizadora é ainda composta por investigadores de outras quatro instituições: Universidade da Islândia, Universidade de Amsterdão, e o Centro de Ecologia e Hidrologia (Reino Unido). Os recentes avanços nas tecnologias de seguimento animal vieram permitir uma quantificação dos movimentos migratórios ao longo do ciclo anual e de vida com um detalhe até agora impossível de conseguir, originando um interesse renovado nesta área de investigação. Assim, esta conferência pretende reunir ecólogos e biólogos que desenvolvem seguimento de aves migradoras com recurso a várias técnicas para explorar o estado actual do conhecimento da migração das aves: desde pulsos migradores de larga escala e variação individual em termos de fenologia e rotas; às consequências de flexibilidade comportamental para a distribuição e demografia destas espécies (níveis de conectividade); incluindo o desenvolvimento e manutenção de estratégias ao nível individual (ontogenia) e das populações (migração parcial e alterações transgeneracionais). Está conferencia irá decorrer na Universidade de Warwick no Reino Unido nos dias 26 a 28 de Março de 2018.  

Financiamento do CESAM: