HOME  » 
 
Quem somos

Laboratório Associado desde 2005, o CESAM inclui cerca de 500 investigadores, 190 dos quais doutorados, de cinco departamentos da Universidade de Aveiro: Ambiente e Ordenamento, Biologia, Fí­sica, Geociências e Quí­mica; inclui ainda alguns membros da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. 
O CESAM tem por missão fundamental desenvolver investigação na área do Ambiente Costeiro e Marinho, entendido de uma forma integrada envolvendo a atmosfera, a biosfera, a hidrosfera, a litosfera e a antroposfera.

 
Serviços à Comunidade
One of us
  Angela Llavona Vallina  
  Categoria: Aluna de Doutoramento  
  Departamento: Biologia  
  Grupo de Investigação: Biodiversidade Funcional
 
Financiamento do CESAM
Destaques
  • 8/02/2016

    Fátima Lopes Alves, Docente do Departamento de Ambiente e Ordenamento e Investigadora do CESAM, esteve em Luanda (Angola) para capacitar o corpo técnicos de vários ministérios angolanos, na área do ordenamento e gestão integrada do oceano e da zona costeira. O convite veio da instituição alemã GIZ e da Comissão da Corrente de Benguela, responsáveis pelo projeto internacional MARISMA.

    Os grandes ecossistemas marinhos da Corrente de Benguela (BCLME) estendem-se ao longo da costa de Angola, Namíbia e África do Sul. O projeto MARISMA - Spatial Management and Governance (Governação e Gestão do Espaço Marinho) é uma iniciativa regional financiado pela Alemanha (através da GIZ) para a Comissão da Corrente de Benguela com uma duração de cinco anos (08/2014 – 04/2020). Este projeto é direcionado para a atual Comissão da Corrente de Benguela, os seus Estados membros Angola, Namíbia e África do Sul e outras partes interessadas na governação e gestão do meio marinho, designadamente a biodiversidade marinha e os recursos naturais da BCLME. O foco principal do projeto é desenvolver, a diferentes níveis, capacidades técnicas e tecnológicas para implementar e institucionalizar o “Ordenamento do Espaço Marinho” e para identificar as Áreas Marinhas Biológica e Ecologicamente Significativas, nesta região de África.

    Fátima Lopes Alves, pertenceu ao núcleo de coordenação responsável pela elaboração do Plano de Ordenamento do Espaço Marítimo, em Portugal Continental, promovido pelo Ministério do Ambiente e Ordenamento do Terrotório (2008 – 2011) e foi responsável na UA pelo projeto TPEA - Transboundary Planning in the European Atlantic, financiado pela DG MARE (CE 2012-2014).

  • 1/2/2016

    Usar produtos de cortiça, para além de estar na moda e de servir a economia nacional, contribui para remover da atmosfera gases com efeito de estufa. O resultado do estudo coordenado pela UA, o primeiro no país a quantificar a pegada de carbono do setor da cortiça, não deixa dúvidas quanto aos poderes ecológicos do sobreiro e do ecossistema que o envolve: por cada tonelada de cortiça produzida, o montado sequestra mais de 73 toneladas de dióxido de carbono, o equivalente às emissões daquele gás libertadas para percorrer cerca de 450 mil quilómetros de automóvel.

    “Este trabalho dotou o setor da cortiça de informação e ferramentas que permitem apoiar a tomada de decisão no que respeita a práticas que possam otimizar a pegada de carbono do setor e reforçar o papel do setor como elemento importante na mitigação das alterações climáticas”, aponta Ana Cláudia Dias

    Mais einformação em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 29/04/2015

    Investigação dos departamentos de Ordenamento e Ambiente, de Química e de Biologia e da ESTGA

    É o primeiro drone preparado para monitorizar o estado da saúde das áreas florestais. Desenvolvida na Universidade de Aveiro (UA) a tecnologia acoplada ao veículo aéreo não tripulado (VANT) permite avaliar o grau de impacto de vários fatores de stress numa área florestal, seja os causados pela falta de água ou de nutrientes, seja os provocados por doenças ou ataques de insetos e fungos. O projeto, que numa primeira fase pretende mudar o paradigma da monitorização das florestas, que quando realizada é morosa e feita por técnicos no terreno, está já pensado para ser posto ao serviço de explorações agrícolas.

    Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 29/04/2015

    Descobertas estruturas calcárias formadas por microalgas de corais

    A descoberta, por investigadores da Universidade de Aveiro (UA), de estruturas calcárias formadas por algas unicelulares, mais conhecidas por viverem em simbiose com corais, traz uma perspetiva inteiramente nova sobre a ecologia destes organismos. Trata-se de dinoflagelados do género Symbiodinium. A descoberta consta de um artigo assinado por cinco investigadores da UA e um colega da Universidade de Tecnologia de Sydney publicado na revista “Proceedings of the National Academy of Sciences of the USA” (PNAS).

    Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 7/01/2016

    Investigadores do CESAM apelam a uma política transnacional para a gestão de solos num artigo de correspondência na prestigiada revista Nature

    O solo constitui a interface água-ar-vida do nosso planeta e, como tal, a gestão desta interface tem implicações cruciais para os ecossistemas que esta suporta. Paralelamente, a gestão do solo desempenha um papel crucial na regulação da qualidade da água e ar, incluindo as alterações climáticas, na saúde humana e na segurança alimentar. A atual política para a gestão de solos é sustentada na ideia de que o solo "não se move" e, portanto, deve apenas ser gerido localmente, como discutido num artigo de opinião recente publicado na Nature por Luca Montanarella do ‘Joint Research Centre’ da Comissão Europeia.

    Os investigadores do CESAM, Frank Verheijen (DAO) e Ana Catarina Bastos (DBIO) apresentaram - num artigo de correspondência na mesma revista - um caso para o alcance transnacional da gestão dos solos. Os investigadores pretendem anular o argumento persistente de que o solo "não se move" e instar os responsáveis políticos a incluir a gestão dos solos no plano de ação aos desafios globais do nosso planeta.

    Mais detalhes em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 10/12/2015

    Alfredo Rocha, especialista em Climatologia da Universidade de Aveiro, explica o que está em causa na Conferência sobre Alterações Climáticas das Nações Unidas, que decorre em Paris, e deixa uma certeza: “a concentração atmosférica de gases com efeito de estufa irá aumentar durante as próximas décadas e alterações climáticas ir-se-ão fazer sentir durante um período mais longo”. O mal está feito mas, garante, as nossas ações imediatas poderão atenuar a tendência.

    A Conferência sobre Alterações Climáticas das Nações Unidas 2015 (COP21) decorre entre 30 de novembro e 11 de dezembro de 2015 em Paris. O principal objetivo desta conferência é chegar a um acordo internacional sobre a redução de emissões de gases com efeito de estufa a implementar até 2020 com o fim de limitar a +2ºC o aumento da temperatura média global à superfície da Terra em 2100 relativamente ao seu valor na era pré-industrial. Este limite representa um valor acima do qual ocorrerão alterações irreversíveis no ambiente e uma dependência maior e longa de tecnologias de mitigação como a bioenergia e a captura/armazenamento de carbono.

    Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 10/12/2015

    O projeto NanoFASE- Nanomaterial Fate and Speciation in the Environment é o novo projeto HORIZON 2020 coordenado pelo Dr. Claus Svendsen (NERC-CEH) (01/09/ 2015-31/08/2019).

    O NanoFASE marcou o início desta colaboração de 4 anos com uma reunião em outubro 2015, que decorreu em Barcelona, e reuniu representantes dos 42 parceiros que fazem parte do consórcio. Ao longo de 3 dias, ​​os investigadores do NanoFASE, pertencentes a diversas áreas/ disciplinas, tiveram a oportunidade de discutir as temáticas de uma forma multidisciplinar e delinear a sua integração com o intuito de elucidar o destino ambiental e especiação de nanomateriais manufaturados em toda a cadeia de valor.

    A UA faz parte do consórcio e a equipa de investigação coordenada por Susana Loureiro, Investigadora Auxiliar do CESAM-DBIO, é responsável pelo estudo da bioacumulação e cinética em organismos não alvo aquáticos e edáficos, em estreita colaboração com a Vriej Universiteit, em Amsterdão (Prof. Kees van Gestel). No applEE- grupo I & D em Ecologia Aplicada e Ecotoxicologia, serão ainda utilizados mesocosmos terrestres e aquáticos para avaliar os destinos bióticos e abióticos dos nanomateriais em diversas cadeias alimentares.

  • 2/12/2015

    No Dia Mundial do Solo, a 5 de dezembro de 2015, Jan Keizer, investigador do CESAM e coordenador do RECARE em Portugal, faz o balanço do trabalho já realizado por aquele que é o maior projeto da União Europeia no que toca ao estudo de medidas de prevenção e remediação da degradação dos solos europeus. O especialista em erosão do DAO e do CESAM, a três anos do término do projeto, garante que os cientistas continuam a trabalhar para encontrar soluções para proteger os nossos solos.

    Os investigadores do RECARE (incluindo uma equipa da Universidade de Aveiro) estão a trabalhar com as populações locais em 17 casos de estudo distribuídos pela Europa para colocar em prática soluções para salvar os solos. Intervenções de baixa tecnologia, mas cientificamente informadas, estão em curso para transformar a proteção dos solos e as vidas dos que são afetados.

    Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 3/12/2015

    Fátima Alves participa na Conferência Mundial do Clima

    Fátima Lopes Alves, Professora do Departamento de Ambiente e Ordenamento (DAO) e investigadora do CESAM, participa na Conferência Mundial do Clima que, em Paris, de 30 de novembro a 11 de dezembro, tentará encerrar os trabalhos com um novo acordo mundial para limitar as mudanças climáticas e o aquecimento global. A convite da Coastal & Marine Union (EUCC Atlantic), a Investigadora da Universidade de Aveiro (UA), nos dias 3 e 4 de dezembro, participa nos eventos relacionados com a Gestão dos Oceanos e das Zonas Costeiras.

    Informação mais detalhada em:
    http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=44522
    http://www.diarioaveiro.pt/noticias/docente-da-ua-participa-na-cimeira-do-clima-em-paris


     

  • 29/09/2015

    O estudo “Risk assessment of Portuguese children dietary exposure to co-occurring mycotoxins in processed cereal-based foods”, desenvolvido no âmbito do projeto MYCOMIX, foi distinguido com o prémio melhor póster (best poster award) pela MoniQA Association. A MoniQA Association é uma rede internacional interdisciplinar que integra membros de diversas áreas da segurança alimentar, nomeadamente, laboratórios, institutos públicos, indústria, centros de investigação e universidades.

    A atribuição deste prémio ocorreu no âmbito da 5th MoniQA International Conference "Food and Health - Risks and Benefits" on "Innovative Technologies for Food Quality and Safety Management", evento organizado pela MoniQA Association e que decorreu entre os dias 16 e 18 de Setembro no Porto. Os resultados deste trabalho foram recentemente submetidos para publicação em revista científica internacional e a apresentação do póster, agora premiado, esteve a cargo do doutorando Ricardo Assunção, investigador do Departamento de Alimentação e Nutrição do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge & CESAM.

    A colaboração entre investigadores do CESAM pertencentes ao departamento de Biologia e ao Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge no âmbito do projeto MYCOMIX prende-se com a avaliação preliminar do risco associado à presença de contaminantes alimentares (micotoxinas simples ou em misturas) em farinhas lácteas à base de cereais consumidas por crianças.

  • 29/09/2015

    Unidade de Vida Selvagem - Wildlife Research Unit

    No âmbito da monitorização da população de veados na Zona de Caça Nacional da Lombada (Parque Natural de Montesinho), a 8.ª edição dos censos destes cervídeos, será realizada nos dias 2 e 3 de Outubro. Esta atividade é promovida pela Unidade de Vida Selvagem do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro (UVS, DBIO-UA), em colaboração com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança (ESA-IPB). No dia 1 de Outubro, quinta-feira, às 18h30m, será realizada, no Auditório Dionísio Gonçalves, na ESA-IPB uma sessão de esclarecimento. O número de vagas está limitado a 32 pessoas. Agradecemos que confirmem a vossa participação na sessão de esclarecimento e no censo populacional até quarta-feira, dia 30 de Setembro para os seguintes contactos: João Santos (joaovalente@ua.pt) ou Rita Torres (rita.torres@ua.pt).

  • 02/09/2015

    Relatório europeu pede mais investigação do mar profundo

    Elaborado por um grupo de cientistas, incluindo Marina Cunha, bióloga da UA e CESAM, o relatório intitulado “Ir mais Fundo: Desafios Cruciais da Investigação do Mar Profundo no Século XXI” identifica as prioridades para a investigação do mar a profundidades superiores a 200 metros com o objetivo de se reforçar a gestão e a exploração futura dos seus recursos vivos e não-vivos. Pedido pelo European Marine Board (EMB), o relatório foi lançado dia 1 de setembro, no 14º Simpósio da Biologia do Mar Profundo, que está a decorrer em Aveiro.

    Poderá ser efetuado o download do relatório aqui.

    Mais informações em:
    http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=43455 
    http://www.publico.pt/ciencia/noticia/investiguese-a-serio-o-mar-profundo-e-a-economia-azul-saira-a-ganhar-diz-relatorio-1706318

  • 2/09/2015

    A equipa do projecto Firetox gostaria de convidar todos os interessados nas temáticas relacionadas com os incêndios, para o Workshop "Impacts of wildfires on aquatic systems", a realizar no dia 21 de Setembro do presente ano, no anfiteatro do Departamento de Geociências da Universidade de Aveiro.

    Por favor, consulte o panfleto informativo do evento anexado.  

    A entrada é livre, mas é necessário que faça a sua inscrição em http://goo.gl/forms/GDqWZGdIvN.

  • 28/08/2015

    De 31 de agosto a 4 de setembro no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro

    O 14th Deep-Sea Biology Symposium vai reunir mais de 400 cientistas de todo o mundo em redor do maior ecossistema da Terra, o fundo do mar. Organizado pela Universidade de Aveiro (UA), o encontro pretende abordar os temas mais emergentes que aos fundos oceânicos dizem respeito. A perturbação ambiental do mar profundo ligada à exploração de recursos bióticos e abióticos, como a pesca de arrasto ou a exploração de minerais, petróleo e gás, e as questões de governança, gestão de áreas marinhas protegidas e conservação dos ecossistemas são alguns dos temas que estarão em destaque de 31 de agosto a 4 de setembro no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro.

    Desde a sua primeira edição, em 1977, os simpósios têm constituído inestimáveis fóruns para intercâmbio de informações sobre as mais recentes explorações de profundidade e avanços científicos. Além disso, os simpósios, lembra a organização encabeçada pelo Departamento de Biologia da UA, “também foram fontes de cooperação e formação de novos grupos de pesquisa e projetos”.

    Está prevista a publicação de um volume especial em "Deep-Sea Research Part II: Topical Studies in Oceanography ".

    Ainda no âmbito deste simpósio, o European Marine Board (EMB) convida os investigadores a participarem no evento de lançamento do position paper 22 “Delving Deeper: Critical challenges for 21st century deep-sea research”, no dia 1 de setembro no Pequeno Auditório, às 18:00. O paper é da autoria do EMB Working Group (WG) “Deep Sea Research for Societal Challenges and Policy Needs” e indica oito metas de alto nível para investigação do alto mar profundo no contexto da expansão das atividades comerciais, aumentando as pressões naturais e humanas, e a necessidade de estruturas eficazes e práticas de governação para apoiar a gestão das atividades e recursos do alto mar.

    Para mais informações consulte o press release do evento aqui.

    Toda a informação sobre o 14th Deep-Sea Biology Symposium pode ser vista aqui.

  • 20/08/2015

    Depois de ganhar o duplo prémio internacional Terre de Femmes no passado mês de abril, a bióloga Milene Matos, da UA, reforça a intenção de devolver ao público, na forma de oportunidades educativas, o prémio que resultou da votação pública. Após o encerramento das candidaturas a uma bolsa de mestrado, em parceria com a UA, a bióloga anuncia agora a criação do Fundo Escolar BIO Somos Todos, que visa contribuir para a promoção da consciência ambiental e social em crianças portuguesas até aos 14 anos. Consiste num subsídio de regresso às aulas no valor de 200 euros para crianças do 1º ciclo e 250 euros para crianças do 2º ciclo, de modo a aliviar o regresso às aulas que infelizmente muitas famílias enfrentam com dificuldades.

    Até 13 de setembro, as crianças terão de apresentar um projeto a desenvolver ao longo do ano letivo, que ajude o ambiente ou a sua comunidade, e o subsídio será entregue à(s) proposta(s) mais original(is).

    Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 24/08/2015

    José Castanheira, especialista em meteorologia e clima e Diretor do Mestrado em Meteorologia e Oceanografia Física da UA, esteve no Jornal Diário do Porto Canal e participou num debate no programa Edição Especial da RTP Informação para analisar o problema da seca hidrológica em Portugal.







    Veja os vídeos em:
    https://video-mxp1-1.xx.fbcdn.net/hvideo-xfp1/v/t42.1790-2/11959882_930064250383733_1475060151_n.mp4?efg=eyJybHIiOjM2NywicmxhIjoxOTcwfQ%3D%3D&rl=367&vabr=204&oh=c51c6beeaf3634a05955d0a48273e2a9&oe=55DC4D81     
    https://video-mxp1-1.xx.fbcdn.net/hvideo-xpa1/v/t43.1792-2/11832391_690552087712463_562243687_n.mp4?efg=eyJybHIiOjE1MDAsInJsYSI6MzE2NH0%3D&rl=1500&vabr=300&oh=16df07180f008ea228001bcfc5f2176a&oe=55DC53FB

  • 30/07/2015

    Bárbara Cartagena Matos, estudante de mestrado em Biologia da Universidade de Aveiro (UA), é um dos dez cientistas portugueses que, durante o ano letivo 2015/2016, vão ser financiados pelo Estado norte-americano para prosseguir os seus projetos de investigação nalgumas das mais prestigiadas universidades e centros de investigação dos Estados Unidos, ao abrigo do programa de bolsas atribuídas anualmente pela Comissão Fulbright.

    Já estudou grilos na Finlândia, macacos-barrigudos na Amazónia, golfinhos no Rio de Janeiro e baleias no Atlântico e mal pode esperar por 2016 para embarcar rumo ao Alasca onde vai estudar os hábitos alimentares das lontras-marinhas na zona de Sitka. De abril a setembro do próximo ano a bióloga estará no mais “maravilhoso e único laboratório natural" que o planeta tem à disposição dos cientistas na Natureza.

    Com uma duração que pode ir de quatro a nove meses, as bolsas Fulbright de Investigação destinam-se a investigadores de todas as áreas do conhecimento, desde que sejam licenciados, tenham bons conhecimentos de inglês e um projeto aceite por parte da instituição de acolhimento.

    Para mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=43327

  • 13/01/2015

    Newton Gomes e Francisco Coelho, biólogos da UA, desenvolveram códigos de ADN para marcas, uma tecnologia inovadora que pode ser aplicada em qualquer produto para fazer prova da respetiva autenticidade e, por isso, ajudar no combate à contrafação. 

    Os códigos podem ser aplicados em qualquer superfície e inseridos em qualquer produto, e constituem etiquetas moleculares únicas, de fácil e barata produção e, ao contrário de todos os métodos utilizados atualmente pelos mercados para identificar e autenticar produtos, impossíveis de falsificar. A tecnologia está já prototipada e a ser promovida e valorizada pela Unidade de Transferência de Tecnologia da Universidade de Aveiro que procura, neste momento, parceiros de negócio que queiram implementar a tecnologia nas suas empresas e produtos.

    Este projeto esteve em destaque no programa Exame Informática da SIC Notícias: 
    https://video-mxp1-1.xx.fbcdn.net/hvideo-xfp1/v/t42.1790-2/11870022_927326860657472_1727126559_n.mp4?efg=eyJybHIiOjMzNiwicmxhIjo1MTJ9&rl=336&vabr=187&oh=0f5f89aba825ac81b1c700f673dd8b22&oe=55D5AECE

    Mais informação em:
    http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=41283

    http://p3.publico.pt/actualidade/ciencia/15290/biologos-de-aveiro-desenvolvem-codigo-de-adn-para-impedir-contrafaccao-de-

    http://www.boasnoticias.pt/noticias_Portugueses-criam-c%C3%B3digo-de-barras-feito-de-ADN_22177.html?page=0

    http://www.rtp.pt/noticias/ciencias/marcas-de-produtos-ja-podem-ter-codigo-de-adn-exclusivo_n796327

  • 31/07/2015

    O DIA IODP / ECORD PORTUGAL decorrerá no dia 3 de Novembro no Pavilhão do Conhecimento, no âmbito do International Ocean Discovery Program (IODP), no qual Portugal participa através do European Consortium for Ocean Drilling (ECORD) - http://www.iodp.org/. Para além da apresentação deste Programa Internacional, que envolve 26 países, pelo Director da European Management Agency do ECORD, serão apresentadas 2 ECORD Distinguished Lectures, uma sobre Paleoceanografia e outra sobre Biosfera Profunda. 

    Mais informações em: http://www.iodp.org/

  • 31/7/2015

    O DIA IODP / ECORD PORTUGAL decorrerá no dia 3 de Novembro no Pavilhão do Conhecimento, no âmbito do International Ocean Discovery Program (IODP), no qual Portugal participa através do European Consortium for Ocean Drilling (ECORD) - http://www.iodp.org/. Para além da apresentação deste Programa Internacional, que envolve 26 países, pelo Director da European Management Agency do ECORD, serão apresentadas 2 ECORD Distinguished Lectures, uma sobre Paleoceanografia e outra sobre Biosfera Profunda.

    Programa do evento:  

  • 30/07/2015

    A COST funded network of European spin-offs, SMEs, agencies, research centres and universities, including UA through IDAD, is working on developing cheaper and energy efficient sensors for air quality control in Europe’s future smart cities.

    Air pollutants in the EU are still estimated to reduce life expectancy by eight months and are directly linked to climate change. EuNetAir network is now trying to develop affordable, low-power sensors to assess indoor and outdoor air quality and eventually reduce greenhouse gases and other toxic pollutants. The COST Action will also look into environmental sustainability and ways of better managing green buildings at low carbon dioxide (CO2) emissions.

    COST Story: http://www.cost.eu/media/cost_stories/EuNetAir

  • 27/8/2015

    On 30 August, at 12.10 am, in space BBC Wildlife

    A atividade desempenhada por alguns dos muitos grupos de investigação do CESAM e Departamento de Biologia (DBIO) da Universidade de Aveiro (UA) ilustra o programa “Laboratórios de Natureza”, a estrear brevemente na SIC, no espaço da BBC Vida Selvagem. Desde a biodiversidade animal e vegetal, passando pelo mar profundo, das nanopartículas até à resistência microbiana aos antiobióticos, iniciando com exemplos do trabalho de reabilitação dos mamíferos marinhos, este programa apresenta 5 exemplos do trabalho desempenhado no Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro. Acompanhe a odisseia destes biólogos da UA, e saiba como as suas descobertas contribuem para proteger o Mundo em que vivemos.

    Veja uma pequena amostra do que irá ser esse programa em: https://vimeo.com/134003333

  • 22/7/2015

    Cátia Venâncio, doutoranda do Departamento de Biologia e CESAM, foi distinguida com o prémio para melhor póster no 10º Congresso Ibérico e 7º Iberoamericano de Contaminação e Toxicologia Ambiental, que decorreu em Vila Real, de 14 a 17 de julho, com um trabalho que pretendeu avaliar os efeitos do aumento de salinidade, devido a intrusões de água do mar, no crescimento de quatro espécies de fungos, ao longo de várias gerações: Pleurotus sajor caju, Phanaerochaete chrysosporium, Rhizopus oryzae, e Trametes versicolor.

    Este trabalho foi desenvolvido no âmbito do projecto SALTFREE - Prediction of salinization effects on coastal freshwater and soil ecosystems due to climate changes.

    Mais informação em: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 14/7/2015

    Milene Matos, investigadora do CESAM / Departamento de Biologia da UA, que, no ano passado, venceu o prémio internacional “Terre de Femmes”, decidiu reverter esse prémio novamente para o público através de oportunidades educativas. Através de uma parceria entre a UA e o projeto “BIO Somos Todos”, projeto de promoção dos valores naturais e da sustentabilidade coordenado por Milene Matos, o dinheiro do prémio garantirá a atribuição de uma bolsa que corresponde ao pagamento de propinas de um curso mestrado da UA, durante dois anos. O Prémio “UA – BIO Somos Todos” visa contribuir para a promoção e o desenvolvimento da investigação científica no âmbito da sustentabilidade nas suas três componentes: ambiental, económica e social. Em concreto, distingue uma proposta de trabalho de investigação ao nível de mestrado, na área da sustentabilidade, que se evidencie “pelo seu caráter inovador, utilidade pública, benefícios ambientais e potencial de replicabilidade”.

    Mais informação em:
    http://www.diarioaveiro.pt/not.....tudo />http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=43154 />https://www.facebook.com/biosomostodos?fref=ts />http://www.jornaldamealhada.co.....

  • 13/7/2015

    À primeira vista parecem saquinhos de chá. E são mesmo. Mas, ao contrário do que se poderia pensar, não servem para fazer infusões mas para descontaminar águas contaminadas com metais potencialmente tóxicos. Dentro dos saquinhos, não há por isso folhas nem flores mas óxido de grafeno. Esta aplicação ambientalista para o grafeno, desenvolvida por investigadores do Departamento de Engenharia Mecânica e do CESAM/Departamento de Química da UA, promete ajudar a resolver o problema global que representa a água contaminada com metais tóxicos que é diariamente libertada nos sistemas aquáticos do planeta. É que nem os mais avançados e caros processos de descontaminação conseguem taxas de remoção quase totais como esta infusão.
    Para além da facilidade de síntese e do baixo custo de produção, este sistema permite também a respetiva aplicação em locais que não possuam infraestruturas específicas para descontaminar águas contaminadas com metais.

    Mais detalhes em: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=43179
    http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=60185&op=all
    http://www.publico.pt/ciencia/noticia/cha-de-grafeno-extrai-metais-pesados-da-agua-1702039
    http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=781680

  • 14/07/2015

    The deep-sea is the largest ecosystem on Earth, it harbours high biodiversity and provides a wealth of resources yet, it is also the least explored and understood. Since their first edition in 1977, the international deep-sea symposia have been invaluable forums for exchange of information on the most recent deep-sea explorations and scientific advances. Moreover, the symposia have also been wellsprings of cooperation and formation of new research groups and projects.

    In 2015 (from 31 August to 4 September) it is the turn of Aveiro to host the International Deep-Sea Biology Symposium. Once again the Symposium will provide the opportunity for members of the international deep-sea science community to discuss and present their latest research results.

    The publication of a special volume in "Deep-Sea Research Part II: Topical Studies in Oceanography" is foreseen.

    More information on: http://14dsbs.web.ua.pt/14dsbs/Home.html


     

  • 13/07/2015

    The CARCACE project research team of CESAM analyzed, for the first time, the Ophryotrocha worms assemblage associated with a mammal-fall in the deep-Atlantic Ocean. Specimens were collected from the bones of degrading cow carcasses deployed in the Setúbal canyon at approximately 1000 m depth. Using morphological characters and phylogenetic analyses based on the nuclear gene H3 performed on 31 Ophryotrocha species, the project research reported the presence of five different species, described three new species and extended the distribution of O. scutella. The results, published in Systematics and Biodiversity journal,substantially increase the number of deep Atlantic species in the genus Ophryotrocha and highlight the remarkable unknown diversity and biogeographic patterns hidden behind unstudied deep-sea habitats.

    More details: https://uaonline.ua.pt/  
    http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/
    https://video-fra3-1.xx.fbcdn.net/hvideo-xfa1/v/t42.1790-2/11738984_911120612278097_1796851999_n.mp4?efg=eyJybHIiOjQ0OCwicmxhIjo2NTN9&rl=448&vabr=249&oh=2958ce34e55cda7bfd058f255cc23ba8&oe=55A8E0DE


     


     

  • 25/06/2015

    Na campanha de censos aéreos para cetáceos que decorreu a 18 e 19 de junho, várias foram as espécies avistadas por investigadores e estudantes de doutoramento do DBio. Entre estas espécies encontram-se baleias-comuns, baleias-anãs, cachalotes, baleias-pilotos, grampos, zífios, baleias-de-bico, golfinhos-riscados, golfinhos-comuns e roazes.
    A missão, entre as 50 e as 200 milhas náuticas ao longo da costa nacional, decorreu no âmbito do protocolo de cooperação estabelecido ao abrigo do LIFE+ MARPRO entre a Força Aérea Portuguesa (FAP), a UA e a Sociedade Portuguesa de Vida Selvagem. Ao todo os investigadores avistaram 698 indivíduos pertencentes àquelas espécies.

    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=42893

  • 19/06/2015

    Ana Lillebø, Investigadora Auxiliar no CESAM & Departamento de Biologia, publicou o livro Coastal Lagoons in Europe: Integrated Water Resource Strategies e deu entrevista à IWA Water Wiki. O livro centra-se nas estratégias de gestão integradas na perspetiva do trinómio ciência-política-stakeholders. Este livro constitui um dos principais resultados do projeto de investigação LAGOONS (http://lagoons.web.ua.uk), financiado pela UE-FP7 e coordenado pela investigadora Ana Lillebø. As recomendações resultantes do projeto são apresentados no livro numa perspetiva pan-europeia global. O livro contém também questões chave que devem ser consideradas por cientistas e gestores na gestão de zonas lagunares. 

  • 9/06/2015

    Foi lançado este mês o livro “Handbook of Road Ecology” pela Wiley Blackwell que reúne alguns dos principais investigadores, académicos e profissionais na área das infraestruturas rodoviárias. O desafio do livro, que tem como coeditora e coautora Clara Grilo, investigadora pós-doc do CESAM/UA, é melhorar a sustentabilidade ecológica das infraestruturas lineares que têm afetado negativamente muitas populações animais e paisagens.

    Mais informação em: http://handbookofroadecology.org

  • 11/06/2015

    Mónica Amorim, investigadora no CESAM e no Departamento de Biologia (DBio) da Universidade de Aveiro, completa um ano na presidência da SETAC (Society of Environmental Contamination and Toxicology) para a Europa, uma das sociedades de ecotoxicologia com maior expressão a nível mundial.
    Na sua mensagem no jornal on-line SETAC-Globe (http://globe.setac.org/2015/may/setac-europe-past-president.html), Mónica Amorim refere como um dos aspetos fundamentais do seu mandato a criação do SETAC Europe Certification of Environmental Risk Assessors Program (http://www.certification.setac.eu/?contentid=956) que conta inclusivamente com alguns cursos lecionados na Universidade de Aveiro. 

    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=42768




  • 08/06/2015

    É o primeiro drone preparado para monitorizar o estado da saúde das áreas florestais. Desenvolvida na Universidade de Aveiro, a tecnologia acoplada ao veículo aéreo não tripulado (VANT) permite avaliar o grau de impacto de vários fatores de stress numa área florestal, seja os causados pela falta de água ou de nutrientes, seja os provocados por doenças ou ataques de insetos e fungos. O projeto, que numa primeira fase pretende mudar o paradigma da monitorização das florestas, que quando realizada é morosa e feita por técnicos no terreno, está já pensado para ser posto ao serviço de explorações agrícolas.
    O coordenador do projeto na UA, J
    an Jacob Keizer, investigador do CESAM, esteve no programa Sociedade Civil da RTP2 para explicar o projeto.

    Mais detalhes: 
    http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=42317   

    http://www.pcguia.pt/2015/04/universidade-de-aveiro-desenvolve-um-drone-de-monitorizacao-da-saude-das-florestas/

  • 04/06/2015

    Atmospheric Environment is the international journal for scientists in different disciplines related to atmospheric composition and its impacts. The journal publishes scientific articles with atmospheric relevance of emissions and depositions of gaseous and particulate compounds, chemical processes and physical effects in the atmosphere, as well as impacts of the changing atmospheric composition on human health, air quality, climate change, and ecosystems.

  • 28/05/2015

    O projeto “Biodiversidade para Todos” da Mata do Buçaco, um trabalho da bióloga da Universidade de Aveiro (UA) Milene Matos, é o vencedor do Prémio Internacional Terre de Femmes. Instituído pela Fundação Yves Rocher, o trabalho de Milene Matos conquistou pela primeira vez para Portugal um galardão que este ano colocou a concurso outros seis projetos de seis mulheres da França, de Marrocos, da Suíça, da Alemanha, da Ucrânia e da Rússia. Vencedora nacional do prémio Terre de Femmes, atribuído a 3 de março, Milene Matos recebeu o prémio a 2 de abril, em Paris, durante a cerimónia internacional da Yves Rocher. O trabalho arrecadou também o Prémio do Público atribuído por votação online.

    Mais detalhes: 
    http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=42057 />
    http://boasnoticias.pt/noticia.....

  • 08/05/2015

    The Strategic Research and Innovation Agenda (SRIA) of JPI Oceans is published. The SRIA presents ten Strategic Areas, developed and agreed by JPI Oceans (with the support of CSA Oceans) as strategic priorities for marine and maritime research in Europe.
         1. Exploring Deep Sea Resources
         2. Technology and Sensor Developments
         3. Science Support to Coastal and Maritime Planning and Management  
         4. Linking Oceans, Human Health and Wellbeing  
         5. Interdisciplinary Research for Good Environmental Status   
         6. Observing, Modelling and Predicting Oceans State and Processes  
         7. Climate Change Impact on Physical and Biological Ocean Processes
         8. Effects of Ocean Acidification on Marine Ecosystems   
         9. Food Security and Safety Driving Innovation in a Changing World   
       10. Use of Marine Biological Resources through Development and Application of Biotechnology

    Actions within the Strategic Areas will vary in size, scope and duration. Specific actions in the cross-cutting fields of research infrastructures, science-policy interactions, and human capacity building are also identified as being necessary to address the overall vision. 

  • Surpreendido por ser o único português entre os 30 investigadores mais citados do ranking da publicação Lab Times, baseado na base de dados da ISI Web of Knowledge, na área da Toxicologia, Amadeu Soares, professor e investigador da Universidade de Aveiro (UA) considera que este é “um reconhecimento individual, claro, mas que não existiria sem a atividade de todo um grupo”. “Pelo que é mais um selo de qualidade para a relevância da Ciência que produzimos, no Departamento de Biologia da UA (DBio), no Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), na UA e em Portugal”, assinala.


    http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....


  • The 2014 Outstanding Student Poster (OSP) Awards is awarded to Tiago Abreu for the poster entitled:


    Influence of nonlinear waves on sandbar migrations using Monte Carlo simulations (Abreu, T.; Figueiredo, F.; Silva, P. A.).


    Tiago Abreu is a recent PhD postgraduate student in Civil Engineering in the specialty of Hydraulics, Water Resources and Environment obtained at the Faculty of Sciences and Technology of the University of Coimbra, Portugal. At this moment, he works as adjunct professor in the Civil Engineering Department of the Polytechnic of Porto (IPP) – School of Technology (ISEP), Portugal. He is also full member of the Associated Laboratory CESAM (Centre for Environmental and Marine Studies) and his research focuses on coastal sediment dynamics. The presentation at the EGU 2014 explored the ability of practical sediment transport models, recognized to capture the interaction between non-linear waves and undertow currents, to predict sandbar migrations.


  • CESAM post-doc, Ana Cristina Esteves, appointed as Management Committee substitute of the COST action FA1405 “Using three-way interactions between plants, microbes and arthropods to enhance crop protection and production“.

  • 29-01-2015

    Vânia Calisto é uma das três distinguidas com Medalha de Honra L’Oréal Portugal para Mulheres na Ciência “Carvão” adsorvente de resíduos farmacológicos dá prémio L’Oréal a investigadora da UA

    Remover resíduos de medicamentos de uma forma barata e eficaz em efluentes domésticos é o objetivo do estudo de Vânia Calisto, investigadora em pós-doutoramento da Universidade de Aveiro (UA), que já mereceu a Medalha de Honra L’Oréal Portugal para Mulheres na Ciência. A investigadora do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) recebe o prémio, ex aequo, com Sónia Melo, do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP), e Raquel Ferreira, da Universidade da Beira Interior.

    Detalhes:


  • 28-01-2015


    O programa doutoral Do*Mar emerge do Campus de Excelência Internacional "Campus do Mar", sendo uma iniciativa conjunta de três universidades portuguesas, três Universidades galegas e dois institutos de investigação (IEO e CSIC). Trata-se de um programa doutoral com vincado cariz internacional e transfronteiriço, com o objetivo de atrair os melhores estudantes de diferentes nacionalidades.
    A principal missão deste programa consiste na formação dos melhores profissionais e investigadores na área das ciências, tecnologias e gestão do mar, fornecendo aos setores produtivos ferramentas que irão contribuir para o aumento da competitividade internacional destes setores.


    Additional Details: http://www.campusdomar-pt-domar.net/


  • Serão cerca de 2000 acidentes por ano os que envolvem animais, segundo uma estimativa da GNR. Os dados apontam para uma maior incidência destas ocorrências no Alentejo, sobretudo devido às caraterísticas da região, com povoamento concentrado e biodiversidade elevada, esclarece Clara Grilo, investigadora de pós-doutoramento na Universidade de Aveiro (UA), universidade que entra na parceria com as universidades do Porto e Évora e a GNR e que vai atuar sobre a sinistralidade envolvendo animais silvestres.

    http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....


     


  • Face à importância da aquacultura para compensar a redução das populações piscícolas naturais e às perdas económicas devidas às infeções bacterianas, o objetivo é desenvolver um novo procedimento para descontaminar as águas piscícolas. Embora a vacinação seja o método ideal para impedir infeções, as vacinas disponíveis são ainda limitadas. A quimioterapia é eficaz nas infeções bacterianas, mas o uso frequente de antibióticos leva ao desenvolvimento de resistências. Para reduzir esse risco, há necessidade de criar métodos menos lesivos em termos ambientais, como a terapia fágica. Bactérias patogénicas de peixes foram isoladas e usadas para selecionar fagos específicos. Nos ensaios in vitro, água de cultura infetada com as bactérias patogénicas (Vibrio anguillarum e Aeromonas salmonicida) e tratada com os fagos específicos, observou-se uma redução de 3 log no teor de bactérias. Nos ensaios in vivo, com larvas de peixe zebra e com juvenis de solha, a sobrevivência dos peixes nas águas tratadas com fagos foi semelhante à observada nos peixes controlo (não contaminados com bactérias e não tratados com fagos) e significativamente menor do que a dos peixes não tratados (contaminados com bactérias patogénicas e não tratados com fagos), indicando que o tratamento com fagos é eficaz. A inativação de bactérias patogénicas com fagos sem riscos para os peixes e para o ambiente, torna esta tecnologia mais segura e o seu baixo custo é muito atraente para empresas desta área.


    http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • A revista Molecular Ecology continua a ser um dos jornais mais influentes em ecologia e evolução, tendo publicado cerca de 450 artigos no ano de 2014. No inicio de cada ano, os Editores da Molecular Ecology escrevem um artigo editorial aonde destacam alguns dos trabalhos de maior relevância. No Editorial agora publicado (Janeiro de 2015), dois dos artigos destacados foram publicados por membros do DBio & CESAM (Miguel Leal e Ricardo Calado). Um dos artigos utiliza métodos moleculares quantitativos para estimar o alimento ingerido e digerido por anémonas e corais fotossintéticos. Um dos principais resultados deste trabalho mostra que os corais demoram cerca de 10 dias a digerirem o alimento, revelando algumas semelhanças com insectos, nomeadamente aranhas). O outro artigo publicado pelos mesmos investigadores utiliza métodos moleculares para revelar, pela primeira vez, que corais fotossintéticos se alimentam de fitoplâncton. Uma vez que estes corais têm microalgas (dinoflagelados) nos seus tecidos, pensava-se que o fitoplâncton não fazia parte da sua dieta. A utilização de ferramentas moleculares apresenta um grande potencial para o estudo de interações tróficas, e tem sido uma das áreas principais da investigação desenvolvida por Miguel Leal e Ricardo Calado no DBio & CESAM.


    Referências:
    Leal, M. C., Ferrier Pagès, C., Calado, R., Thompson, M. E., Frischer, M. E., & Nejstgaard, J. C. (2014). Coral feeding on microalgae assessed with molecular trophic markers. Molecular ecology 23:3870-3876
    Leal, M. C., Nejstgaard, J. C., Calado, R., Thompson, M. E., & Frischer, M. E. (2014). Molecular assessment of heterotrophy and prey digestion in zooxanthellate cnidarians. Molecular ecology 23:3838-3848

  • Investigadores do CESAM/ UA participam no Projeto nacional que irá desenvolver Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas - Projeto ClimAdaPT.Local


    Investigadores do CESAM e docentes do Departamento de Ambiente e Ordenamento integram o Projeto Nacional “Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas” (EMAAC), financiado pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (MFEEE/EEA-Grants), Fundo de Carbono durante 18 meses.


    O projeto, no qual a Universidade de Aveiro é parceira através do Laboratório Associado Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), foi selecionado para financiamento no concurso no âmbito do Programa AdaPT. O projeto tem como coordenador nacional o Prof. Doutor Filipe Duarte Santos da Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL/ CCIAM).


    O projeto ClimAdaPT.Local visa apoiar o desenvolvimento e a incorporação da adaptação às alterações climáticas ao nível municipal, através da realização de 23 Estratégias Municipais de Adaptação e da formação de técnicos de autarquias.


    A parceria é formada pelo consórcio CCIAM (FCUL), CEDRU, WE CONSULTANTS, ICS (UL), QUERCUS, FCT-UNL, CESAM (UA), CIBIO, cCHANGE e as Câmaras Municipais de Cascais, Almada e Sintra. O ClimAdaPT.Local tem ainda associadas 26 autarquias que abrangem a totalidade das Comunidades Intermunicipais e Áreas Metropolitanas do Continente e ainda das duas Regiões Autónomas.


    A coordenação da equipa de investigadores do CESAM estará a cargo da Profª. Doutora Fátima Lopes Alves, docente do DAO e membro integrado do CESAM. A equipa da UA integra ainda três peritos nacionais, nas áreas dos Energia e Ambiente – Prof. Doutor Carlos Borrego (DAO); Zonas Costeiras - Prof. Doutor Carlos D. Coelho (DECivil) e Recursos Hídricos – Doutor João Pedro Nunes (CESAM).


    Mais informações em: http://www.apambiente.pt/index.php?ref=x167

  • No passado dia quatro de Setembro, dois alunos do Departamento de Química e do Centro de Estudos de Ambiente e Mar (CESAM), Joana Ferreira Leal e João Tiago Matos, foram homenageados e premiados numa cerimónia que decorreu em Ioannina, Grécia. Os prémios foram atribuídos pela International Humic Substances Society (IHSS) e tinham por objetivo premiar jovens estudantes graduados que estejam a desenvolver o seu projeto de doutoramento. Dezenas de candidaturas internacionais foram submetidas e avaliadas pelo IHSS Travel Support Award Committee. O processo de avaliação valorizava primariamente a qualidade e originalidade do conteúdo científico do trabalho. Adicionalmente, cada jovem investigador premiado devia ser parte ativa e principal do planeamento e condução da investigação no campo das substâncias húmicas. Estes dois alunos do CESAM apresentaram trabalhos independentes na área da Química Ambiental e foram selecionados para integrar a lista de premiados que incluiu alunos de 12 países. Ambos os alunos tiveram a oportunidade de fazer apresentações orais e em “poster” para uma plateia de investigadores conceituados em todo o mundo.


    O trabalho da doutoranda Joana F. Leal intitulado “Does light-screening by Humic Substances completely explain their retardation effect on contaminants photo-degradation? ” foca o efeito inibidor das substâncias húmicas aquáticas (principais constituintes da matéria orgânica natural) na degradação de dois contaminantes orgânicos – o antibiótico oxitetraciclina e o retardador de chama BDE-209 – por ação da luz solar. O estudo demonstra que o efeito de filtro da luz, ao qual é geralmente atribuído o efeito inibidor provocado pelas substâncias húmicas, não explica completamente a retardação da foto-degradação de alguns contaminantes orgânicos e propõe outros mecanismos que podem assumir maior relevo. A doutoranda tem a orientação do Doutor Valdemar I. Esteves e da Doutora Eduarda B. H. Santos.


    O doutorando João T. V. Matos apresentou uma comunicação intitulada “Natural organic matter in urban atmospheric aerosols: profiling the water soluble components using comprehensive two-dimensional liquid chromatography”, que teve a coautoria dos Doutores Regina M.B.O. Duarte e Armando C. Duarte e demonstrou o potencial da utilização da multidimensionalidade dos dados obtidos pela técnica de cromatografia líquida bidimensional abrangente para identificar a “impressão digital” dos componentes orgânicos solúveis em água dos aerossóis atmosféricos urbanos ao longo do ano e avaliar a respetiva variabilidade sazonal.

  • 22/07/2014
    Os níveis de cádmio, cobre, chumbo e zinco em solos de hortas urbanas e em pastagens situadas na área do Grande Porto ultrapassam os valores máximos definidos pela União Europeia (UE) para a presença em zonas agrícolas destes metais pesados e potencialmente tóxicos. As conclusões, que são extensíveis às hortas urbanas do restante território nacional, pertencem a uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro & CESAM que, não desaconselhando o consumo humano e animal de produtos hortícolas e de pastagens que crescem em áreas urbanas ou industriais, apontam para a necessidade de avaliação da qualidade dos solos e do risco para a saúde pública da ingestão dos produtos em causa.
    Notícias publicadas em vários meios de comunicação:
    http://www.publico.pt/local/noticia/metais-pesados-detectados-em-hortas-urbanas-e-pastagens-do-grande-porto-1663708   
    http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Porto&Option=Interior&content_id=4038470&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+JN-ULTIMAS+(JN+-+Ultimas)   
    http://portocanal.sapo.pt/noticia/32527/   
    http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=58996&op=all   
    http://www.tvciencia.pt/tvcnot/pagnot/tvcnot03.asp?codpub=35&codnot=85   
    http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=754325&tm=2&layout=123&visual=61   
    http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=754324&tm=8&layout=123&visual=61   

  • 22 de Julho de 2014, das 9h30m às 17h30m
    Anfiteatro do Departamento de Biologia, UA

    Projeções recentes, publicadas no 5º relatório do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas, reiteram cenários anteriores que preveem um aumento do nível médio da água do mar. Como consequência, é expectável que ocorram intrusões de água do mar em várias regiões costeiras, provocando um aumento da salinidade nos solos e massas de água dessas regiões. 
    O DBio & CESAM irá promover um workshop no âmbito do projeto SALTFREE, no qual serão abordadas questões relacionadas com os impactos causados pela salinização de ecossistemas dulçaquícolas e terrestres.
    A participação no workshop é gratuita e não carece de inscrição; no entanto, os participantes que desejarem certificado de participação deverão enviar um email para ilopes@ua.pt, até dia 20 de Julho, manifestando essa pretensão (com o assunto “inscrição workshop salinização”).

  • 22/05/2014
    A investigadora do CESAM, Milene Matos, acaba de ganhar um prémio europeu atribuído pela Federação EUROPARC em cooperação com a Fundação Alfred Toepfer, intitulado “Alfred Toepfer Natural Heritage Scholarships”, que visa galardoar jovens conservacionistas com provas dadas na área da conservação da natureza, em particular nas áreas protegidas da Europa.
    Esta é a primeira vez que este prémio é atribuído a um conservacionista português.

    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 21/05/2014
    Mónica Amorim tomou posse como presidente da SETAC (Society of Environmental Contamination and Toxicology) para a Europa, no dia 14 de maio de 2014.
    A SETAC é das sociedades de ecotoxicologia com maior expressão a nível mundial, contando com mais de 2200 membros na Europa entre cientistas da academia, indústria e governo. A SETAC-Europa tem uma direção composta por 15 elementos, provenientes em partes iguais da academia, indústria e agências governamentais, de vários países da Europa.
    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 16/05/2014
    Por ocasião das Comemorações do Dia Europeu do Mar (19 e 20 de maio), em Bremen, na Alemanha, será promovida a apresentação pública dos resultados do Projeto de Ordenamento do Espaço Marítimo Transfronteiriço na área do Atlântico Europeu (TPEA - “Transboundary Planning in the European Atlantic”) no qual o CESAM participa.
    O TPEA é um projeto financiado pela Comissão Europeia através da DG Mare com o objetivo de desenvolver uma abordagem do ordenamento do espaço marítimo para a Bacia do Atlântico, olhando para as questões transfronteiriças e perspetivando a integração com a gestão da zona costeira, permitindo apoiar os trabalhos em curso para a proposta do Parlamento Europeu e do Conselho para o estabelecimento da Diretiva do Ordenamento do Espaço Marítimo.
    Mais detalhes: http://www.dgpm.mam.gov.pt/Pag.....t;/div>
  • Mares Conference on Marine Ecosystems Health and Conservation
    November 17th to 21st 2014
    Olhão, Portugal


    The first Mares Conference will be held in Olhão, Portugal, from November 17th to 21st, 2014. This international and open conference will bring together scientists from different levels and disciplines to discuss and address main issues about marine ecosystems health and conservation.
    Marine environments are generally considered as highly valuable and their health and conservation status are seen as top priorities. Marine wildlife and habitats are facing multiple anthropogenic threats ranging from eutrophication to overfishing and ocean acidification. There is an urgent need to advance our understanding of the menaces on the marine environment and to provide constructive guidelines for management strategies. The first Mares Conference will take place in this context, aiming to address the main issues dealing with both marine ecosystems health and conservation.
    Six themes will be developed through the conference, and for each one a keynote speaker will be invited:
    1.  Future Oceans : temperature changes - hypoxia – acidification: Sam Dupont (TBC)
    2.   Understanding biodiversity effects on the functioning of marine ecosystems : Lisa Levin
    3.   Biological invasions: Gregory M. Ruiz
    4.   Natural Resources : overexploitation, fisheries and aquaculture: Rainer Froese  
    5.   Ocean noise pollution: TBA
    6.   Habitat loss, urban development, coastal infrastructures and Marine Spatial Planning: Michael W. Beck


    The conference will be dynamic, innovative and participative, mixing oral presentations, round table discussions, science café and posters/ digital objects sessions. The small-scale, relax and multigenerational nature of this event will ease knowledge exchanges, networking and building of new collaborations between universities, schools, companies and experts from all around the world.
    More information on the Mares Conference here: www.maresconference.eu 
    Call for abstracts is open, submit your abstract here: www.maresconference.eu/callforabstracts.


    The Mares Conference is an initiative from the MARES Joint Doctoral Programme (www.mares-eu.org)

  • 23/04/2014
    Um artigo no jornal Público destaca a importância das sucessões tróficas associadas a fontes orgânicas temporárias no alto mar, como troncos de madeira ou carcaças de animais, para estudar as comunidades marinhas.
    Os projetos Chemeco (EU) e Carcace (FCT), este último coordenado pela investigadora do CESAM Ana Hilário, são referidos como casos de estudo de ecossistemas estabelecidos no alto mar a partir de matéria orgânica depositada.
    Notícia: http://www.publico.pt/ciencia/.....

  • 14/04/2014
    Utilizados para combaterem pragas, os cocktails de pesticidas usados na agricultura estão a provocar efeitos nefastos nos organismos que regeneram o ecossistema terrestre e, por isso, a porem em causa a saúde dos solos nacionais. Esta é a principal conclusão do trabalho de uma equipa de biólogos do CESAM que analisou os efeitos de misturas de pesticidas utilizadas em larga escala, não só no país como por toda a Europa, em organismos que, não sendo o alvo a abater, sofrem danos por ação dos químicos. Sem eles, e por consequência sem o papel crucial que desempenham na decomposição da matéria orgânica e na redistribuição dos nutrientes, os solos agrícolas não se conseguem manter saudáveis.
    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

  • 01/04/2014
    UA no maior projeto da União Europeia contra a degradação dos solos europeus

    Ninguém sabe em que estado se encontra a saúde dos solos portugueses. Certo é que a variedade e a intensidade das ameaças são enormes. Entre os culpados, a desertificação e a impermeabilização dos terrenos surgem à cabeça de uma imensa lista de fenómenos. Para avaliar pela primeira vez o estado dos solos nacionais, identificar e estudar os fenómenos que os afetam e desenvolver soluções inovadoras para impedir que, a longo prazo, o sul do país – principalmente – se transforme num deserto árido, uma equipa de investigadores da UA tem já as mangas arregaçadas. A missão dos cientistas portugueses faz parte do RECARE. O projecto, o maior da União Europeia no que toca ao estudo de medidas de prevenção e remediação da degradação dos solos europeus, é lançado oficialmente a 1 de abril e conta com uma equipa multidisciplinar de investigadores de 27 organizações europeias.
    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=37876

  • 28/03/14
    No dia 22 de Março de 2014, investigadores do CESAM participaram na iniciativa ‘Plantar o Caramulo’, promovida pela Câmara Municipal de Tondela em conjunto com outras entidades regionais e locais. Agentes e comunidades locais juntaram esforços num movimento voluntário para plantar 10,000 árvores (carvalho-alvarinho e bétula) para restaurar algumas das terras públicas que foram afectadas pelos grandes incêndios florestais que consumiram mais de 9,000 hectares de floresta na Serra do Caramulo durante o Verão de 2013. Estes incêndios desencadearam não apenas a perda de vidas humanas mas também grandes impactos ambientais e socioeconómicos. Na área da ‘União de Freguesias de São João do Monte e de Mosteirinho’, uma das áreas de estudo do projeto RECARE, foram plantadas cerca de 600 árvores com grande entusiasmo apesar das condições meteorológicas adversas.
    A iniciativa foi um enorme sucesso, contando com mais de 1,000 voluntários de organizações e associações locais, escolas e cidadãos, demonstrando a sensibilização dos agentes locais para os impactos diretos e indiretos dos incêndios florestais e a necessidade de implementar soluções para reabilitar as áreas ardidas e mitigar a degradação do solo.
    Mais informação sobre a iniciativa em: http://www.cm-tondela.pt/plantarocaramulo/ ou http://cmtv.sapo.pt/atualidade/detalhe/dez-mil-arvores-plantadas-no-caramulo.html

  • 25/03/2014
    Uma equipa multidisciplinar da Universidade de Aveiro, tem vindo a trabalhar em novas aplicações de métodos utilizados noutras áreas científicas no sentido de procurar uma solução para a resistência de estirpes bacterianas a vários antibióticos.
    Um destes métodos, designado por terapia fotodinâmica, tem vindo a ser testado no tratamento de esgotos hospitalares onde são frequentemente encontradas essas bactérias multirresistentes e, segundo os estudos realizados até agora, mostra ser bem mais eficiente que outras abordagens convencionais.
    Mais detalhes: http://www.cienciahoje.pt/inde.....

  • 12/03/14
    O artigo 'Nucleic acid changes during photodynamic inactivation of bacteria by cationic porphyrins', publicado na revista 'Bioorganic and Medicinal Chemistry' com autoria de membros do CESAM, foi selecionado como sendo um artigo de relevo para o avanço da investigação em ciências biomédicas pela plataforma 'Global Medical Discovery'.
    Link: http://globalmedicaldiscovery......

  • 01/03/2014

    Chama-se Biodiversidade no Hipermercado e é um programa com o carimbo do Departamento de Biologia da UA. Com muita ciência e humor, conduzido por personagens de animação 3D, o projeto televisivo quer alertar as consciências para a importância da biodiversidade. Longe das florestas e dos oceanos, a mensagem vai ser transmitida a partir de um local tipicamente urbano e onde a diversidade de espécies biológicas não é propriamente um tema que salte à vista: um hipermercado.

  • 28/02/2014
    Biologia e genética, gestão e conservação de populações animais, estudo dos ecossistemas e da biodiversidade são algumas das áreas que a Unidade de Vida Selvagem da UA/CESAM abraçou dentro e fora do país. Coordenada pelo biólogo Carlos Fonseca, a UVS tem hoje nas suas fileiras cerca de meia centena de investigadores que, divididos entre o território nacional, vários países europeus, o Brasil, a Bolívia, Cabo Verde e Moçambique, ajudam a desbravar as muitas respostas que a Natureza tem ainda para dar ao Homem. E a contribuir para uma relação harmoniosa entre a espécie humana e o meio ambiente.

    Entrevista: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=37493


     

  • 14th Rodens et Spatium – International Conference on Rodents Biology

    28 de Julho a 2 de Agosto de 2014, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

    A Conferência Rodens et Spatium é um encontro bienal reune cientistas de vários países cuja investigação envolve a biologia de roedores, em áreas tão variadas como a ecologia, genética, evolução, parasitologia, gestão de pragas, entre outras. Rodens et Spatium, oferece ainda a oportunidade de participação em workshops selecionados (Tools for analyzing landscape connectivity: methods and applications; Using Landsat imagery to understand landscape ecology; and Geometric Morphometrics).
    Convidamos todos os interessados a visitar a página oficial em http://rslisbon2014.wix.com/conference. Aos estudantes são oferecidos descontos sobre o valor da inscricação, assim como um número limitado de bolsas.
  • 30/01/14
    The theme session on ​The science and tools for the management of networks of Marine Protected Areas, which is part of the ICES Annual Science Conference 2014, is being organized by CESAM members. 
    The ASC 2014 will be held at the Palexco Congress and Exhibition Centre in A Coruña, Spain, from the 15th to the 19th of September.

    The topics to be addressed during the session are:
         - Theoretical and modeling approaches to define and implement representative and resilient networks of MPAs:
         - Development and validation of species distributions and habitat models as surrogates for biological and ecological processes;
         - Identification of movement corridors and connectivity among regions, and its implications for management; 
         - Approaches for addressing the effect of environmental change on species distributions and/or community structure through the implementation of MPAs and dynamic ocean management;
         - Application of seascape ecology to ecosystem-based management and assessing the effect of human activities, such as renewable energy and mariculture, on marine habitats and species;
         - Mending the fences: interactions between networks of MPAs and other uses of the marine environment;
         - Design, implementation and management of MPAs at large spatial scales: high seas, deep-sea and transnational MPAs and MPA networks;
         - MPAs in practice: use of Before/After designs, Control/Impact designs and No-take zones to assess the effectiveness of MPAs; 
         - MPAs in practice: social science and culturally appropriate guidance in MPA designation;
         - MPAs in practice: socioeconomic impacts of MPAs and MPA networks.

    Further information on the theme session and on the ASC 2014 is available in the attached document, and following the links www.ices.dk/asc2014/ and www.ices.dk/news-and-events/asc/ASC-2014/Documents/Description TS B.pdf.

  • 24/01/2014
    Biochar in soils: new insights

    This special issue of the European Journal of Soil Science is the fruit of biochar sessions at the EUROSOIL 2012 conference (held at Bari, Italy). The 16 papers of this Special Issue are a snapshot of a dynamic international research community. The wide range of disciplines,methodologies, spatio-temporal scales, fundamental and applied research questions, is entirely appropriate for advancing the scientific understanding and for the urgently needed contribution of science to policy and society on this topic.

    See Special Issue: http://onlinelibrary.wiley.com.....

  • 26/09/13
    This Action aims to develop a network of European expertise to improve understanding of Grapevine trunk diseases (GTD) by acquiring knowledge on occurrence of pathogens, vine-pathogen interaction, ecology of wood-inhabiting microorganisms, and to develop new management protocols and biocontrol approaches. This knowledge will be promoted in an effort to increase knowledge and awareness of the problem by disseminating information to end-users and authorities in the viticulture sector, and to the general public.

    More details about this COST action: http://www.cost.eu/domains_act.....

  • 19/09/13
    O coordenador da Unidade de Vida Selvagem (DeBio/CESAM), Carlos Fonseca, foi galardoado com o “Prémio Ibérico FECIEX 2013”, que distingue personalidades e/ou instituições que se tenham destacado pelo trabalho desenvolvido em prol da caça, da natureza, e do estreitamento das relações ibéricas nestes campos, nos últimos anos. O prémio irá ser entregue em Badajoz, na maior Feira de caça, pesca e natureza da Península e uma das maiores da Europa, no próximo dia 19 de setembro. 
    Este é também um prémio que reconhece a Universidade de Aveiro, através da Unidade de Vida Selvagem do Departamento de Biologia, como instituição de reconhecido valor na área dos recursos naturais.

    Mais detalhes:
    http://www.efe.com/efe/noticias/portugal/estremadura/biologo-portugues-carlos-fonseca-sera-premiado-feciex-badajoz/6/60019/2126043
    http://www.abc.es/agencias/noticia.asp?noticia=1494236
    http://www.badajozonline.tv/2013/09/12/el-biologo-luso-carlos-fonseca-recibira-el-premio-iberico-de-la-caza-feciex/
    http://www.hoy.es/v/20130913/badajoz/feciex-presentara-coleccion-taxidermia-20130913.html
    http://arronchesemnoticias.blogspot.pt/2013/09/feciex-2013-feira-da-caca-pesca-e.html
    https://sites.google.com/site/unidadevidaselvagem/


     

  • 19/09/13
    This COST Action aims to establish Europe as a world-leader in the emerging area of complex chemical systems, by bringing together these research fields. Main objectives are to develop far-from-equilibrium self-assembly and self-replicating systems, self-assembling and reproducing compartments, and the use of information-rich molecules in these contexts. The approach to these subjects is inherently multidisciplinary and will only be possible by combining the expertise of different theoretical and experimental research groups around Europe

    More details about this COST action: http://www.cost.eu/domains_actions/cmst/Actions/CM1304

  • 12/09/13
    A investigadora do CESAM e DBio, Ana Marçalo, participou no programa da RTP2 Sociedade Civil de 11 de Setembro, no qual foi abordado o tema “Pesca sustentável”. Neste programa, a Bióloga apresentou os Manuais de Boas Práticas para as várias pescarias Portuguesas elaborados no âmbito do projeto Life+ MARPRO - Conservação de espécies marinhas protegidas em Portugal continental.
    Ver programa: http://www.rtp.pt/play/p1043/e.....

  • 09/09/13
    O trabalho de investigação do CESAM, realizado em cooperação com a Estação vitivinícola da Bairrada, mostra que o carvão biológico (biochar) pode ser um importante aliado para ajudar o sector agrícola a enfrentar os efeitos nefastos das alterações climáticas. O trabalho mereceu destaque no programa da RTP 'Bom Dia Portugal' de 30 de agosto 2013.
    http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=677053&tm=8&layout=122&visual=61

  • 09/09/13
    O fumo proveniente dos incêndios florestais é altamente perigoso para a saúde pública. O alerta do CESAM aponta para os malefícios da mistura de gases e partículas emitida pelos incêndios. Estas últimas, de natureza ultrafina, têm grande capacidade de penetração nas vias respiratórias transportando até aos alvéolos compostos cancerígenos como os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos. O estudo, conduzido pela investigadora Célia Alves no meio das equipas de combate aos fogos florestais, garante também que, para além dos prejuízos para a saúde, o fumo contribui em muito para alterar o clima.
    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=35407&lg=pt

  • 09/09/13
    Mónica Amorim, investigadora do Departamento de Biologia e do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), na área da análise toxicológica de nanomateriais, é a investigadora principal da equipa portuguesa de um Projeto Europeu recentemente aprovado no âmbito do 7º Programa Quadro (FP7), com início no final de 2013.
    O projeto “SUN-SUstainable Nanotechnologies”, na área da nanotecnologia, conta com um financiamento global de cerca de onze milhões de euros. É coordenado pela University ca’ Foscari Venice, de Itália,  é um “Large-scale Integrating Collaborative Project” e envolve 35 parceiros de 16 países Europeus.
    More details: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=35370

  • 02/08/13
    The Sea Life Kansas City Aquarium is joining a new effort to end a poisonous and destructive form of fishing called cyanide fishing. Any new fish headed to 49 Sea Life Aquariums across the world will now be tested for cyanide poisoning at Portugal's University of Aveiro.

    More details: http://www.kctv5.com/story/229.....

  • 10/05/13
    O professor do Departamento de Ambiente e Ordenamento da Universidade de Aveiro e ex-ministro do Ambiente e Recursos Naturais, Carlos Borrego, foi distinguido com a Medalha de Mérito Científico do Município de Aveiro. A atribuição da Medalha de Mérito Científico tem um significado especial, este ano em que se assinalam 40 anos da Universidade de Aveiro, 35 do Departamento de Ambiente e Ordenamento e 20 anos do Instituto de Ambiente e Desenvolvimento (IDAD) que é dirigido pelo professor.

    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?lg=pt&c=34116

  • 01/02/13
    Uma equipa de investigadores do CESAM/UA descobriu a presença de níveis preocupantes para a saúde humana de compostos orgânicos de estanho no pó recolhido em casas portuguesas. Utilizados tradicionalmente em tintas para cobrir os cascos dos navios e usados em papel de parede, espumas, silicones, PVC´s e em vários produtos presentes quotidianamente, como é o caso de roupas ou brinquedos, os compostos orgânicos de estanho interferem com o funcionamento hormonal, são cancerígenos, diminuem a eficácia do sistema imunológico e promovem a obesidade.

    Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=33116 e http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=56864&op=all

  • 27/09/12
    Os parceiros do projeto europeu APPRAISAL (Air Pollution Policies foR Assessment of Integrated Strategies At regional and Local scales), que inclui especialistas de 15 universidades e institutos europeus, reúnem-se na Universidade de Aveiro, nos dias 27 e 28 de setembro, para analisar as ferramentas disponíveis e habitualmente utilizadas na avaliação da qualidade do ar.

    Mais informações: http://uaonline.ua.pt/detail.asp?lg=pt&c=24918

  • 30/08/12
    A revista multidisciplinar internacional 'Estuarine, Coastal e Shelf Science' editou um número especial com os temas do '5th European Coastal Lagoons Symposium' que foi organizado por membros do CESAM e que decorreu na Universidade de Aveiro, de 25 a 29 de julho, 2011.
    Este número da revista versa vários temas relacionados com as lagoas costeiras num ambiente em mudança, tendo sido editado pelos membros do CESAM: Victor Quintino; Ana Maria Rodrigues; e Freitas Rosa e por McLusky Donald e apresentando 21 manuscritos.
    http://www.sciencedirect.com/s.....727714/110

  • 22/11/11
    A reunião de lançamento do projeto Europeu "LAGOONS - Integrated water resources and coastal zone management in European lagoons in the context of climate change" no âmbito do 7º Programa-Quadro de I&DT (tema Ambiente, incluindo Alterações Climáticas), decorreu entre 22 e 24 de novembro, na UA. 
    O  LAGOONS tem a coordenação científica da investigadora do CESAM Ana LillebØ e co-coordenação de Per Stålnacke (Bioforsk, Noruega). O consórcio deste projeto envolve ainda a participação de instituições de investigação da Polónia, Rússia, Reino Unido, Ucrânia, Alemanha e Espanha.
    A questão ambiental de fundo do projeto centra-se nos efeitos antropogénicos e nos impactos das mudanças climáticas (especialmente os efeitos dos eventos climáticos extremos) nas massas de água de superfície, em particular nos ecossistemas lagunares costeiros. O objetivo principal do projeto LAGOONS é contribuir para uma gestão integrada dos sistemas lagunares costeiros, envolvendo o trinómio ciência, políticas e atores chave. Neste contexto, o projeto irá contribuir para a integração de vários instrumentos da UE, nomeadamente a Diretiva-Quadro da Água, a Diretiva Habitats, a Recomendação para a Gestão Integrada das Zonas Costeiras, e a Diretiva-Quadro Estratégia Marinha.

  • Laboratório Associado desde 2005, o CESAM inclui cerca de 500 investigadores, 190 dos quais doutorados, de cinco departamentos da Universidade de Aveiro: Ambiente e Ordenamento, Biologia, Fí­sica, Geociências e Quí­mica; inclui ainda alguns membros da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. 
    O CESAM tem por missão fundamental desenvolver investigação na área do Ambiente Costeiro e Marinho, entendido de uma forma integrada envolvendo a atmosfera, a biosfera, a hidrosfera, a litosfera e a antroposfera.

Instrumentos para Financiamento

Calls Horizon 2020
Horizon 2020 is the new EU funding programme for research and innovation running from 2014 to 2020 with a €80 billion budget. For practical guidance, see the H2020 online manual.
Consult the Calls in the Participants Portal

The next calls (2016-2017) under the Societal Challenge 2 of the Horizon 2020 (DS2: Food Security, Agriculture and Sustainable Forestry, Marine and Maritime Research and Inland and the Bio-Economy) will be published during October, with the first calls closing on February 17, 2016. The draft version of the DS2 Work Program can be consulted here.

The Work Programme (WP) 2016-2017 of the Societal Challenge 5 (DS5: Climate action, environment, resource efficiency and raw materials)" will be published in October 2015 and the topics to competition in 2016 , will close on 8 March 2016. The draft version of the DS5 Work Program can be consulted here.

Consult the next information sessions focusing on themes of Societal Challenges oh H2020 here.

Bilateral Actions


FCT: http://alfa.fct.mctes.pt/apoio.....bilaterais 
CRUP: http://www.crup.pt 

Acções Cost 
The support cover the costs of networking activities such as meetings, conferences, workshops, short-term scientific exchanges, training schools, publications and dissemination activities. COST does not fund the research itself.