Building the future by doing more together

GENESIS - Poupanças Ambientais, Económicas e Sociais de Coberturas/Fachadas Verdes Incorporação da Incerteza e das Preferências dos Investidores/Utilizadores em Análises Custo Benefício de Coberturas/Fachadas Verdes
Investigador Responsável - Cristina Matos Silva
Investigador responsável no CESAM - Ana Isabel Miranda
Programa - Programa Operacional Centro 2020; Programa Operacional Lisboa 2020
Período de Execução - 2018-10-09 - 2021-10-09 (36 Meses)
Entidade Financiadora - Portugal 2020
Financiamento para o CESAM - 13337 €
Financiamento Total - 239812 €
Instituicão Proponente - Instituto Superior Técnico
Instituições Participantes
Universidade de Aveiro
Instituto Superior Técnico
Instituto Superior de Agronomia

As infraestruturas verdes apresentam-se como soluções multifuncionais, sustentáveis e resilientes para a
regeneração dos centros urbanos. Neste sentido, prevê-se que as coberturas/fachadas verdes sejam uma das
alternativas mais promissoras, uma vez que permitem introduzir vegetação em elementos construídos. No entanto,
as coberturas/fachadas verdes têm sido tipicamente restringidas a países e continentes específicos. A utilização
generalizada destes sistemas acontecerá quando o seu mérito económico for globalmente conhecido e aceite.
Atualmente, o valor das coberturas/fachadas verdes não é claro dado que os estudos acerca do seu mérito económico
apresentam elevada variabilidade e resultados divergentes, essencialmente porque: 1) é difícil ponderar benefícios
ambientais e sociais com custos e 2) diferentes utilizadores/investidores apresentam diferentes preferências.
O projecto GENESIS tem como objetivo desenvolver um modelo compreensivo e sistemático para fazer um balanço
entre os benefícios ambientais, económicos e sociais das coberturas/fachadas verdes e os respectivos custos
adicionais, numa perspetiva de ciclo de vida.
A metodologia do projeto é enriquecer as análises custo-benefício de coberturas/fachadas verdes em 3 frentes: i)
integrar todos os benefícios ambientais, económicos e sociais das coberturas/fachadas verdes na análise e convertêlos
em unidades monetárias, de modo a permitir ponderar diferentes tipos de benefícios e estabelecer uma base
comparativa de cenários alternativos; ii) englobar um modelo de incerteza, de forma a incluir previsões imprecisas de
quantificação de custos/benefícios e alterações climáticas; iii) incorporar as preferências dos utilizadores/investidores
através de um modelo multicritério. Este modelo global será um avanço na análise dos custos de ciclo de vida das
coberturas/fachadas verdes e fundamental para a divulgação destes sistemas em edifícios/cidades.
Dada a natureza transdisciplinar das infraestruturas verdes, o projeto GENESIS adota uma equipa de investigação
multidisciplinar, com experiência complementar na estimativa dos benefícios ambientais, económicos e sociais de
coberturas/fachadas verdes e na realização de análises custo-benefício. A contribuição de empresas e profissionais
envolvidos no projecto, conceção e manutenção de coberturas/fachadas verdes também está prevista. Para além
disso, diversos investidores/proprietários dos sectores público e privado irão participar no projeto, acompanhando
casos de estudo de referência: dois municípios em diferentes realidades (em Portugal e na Austrália), edifícios
residenciais, edifícios de utilização pública (escola), alojamentos turísticos e infraestruturas de transporte. Esta
abordagem multidisciplinar garante a validação/utilidade dos modelos de custo-benefício desenvolvidos para
aplicação em diferentes regiões do mundo e tipos de infraestruturas.
https://www.projectgenesis-ist.com/team

Membros neste projecto
Ana Filipa Ascenso
Investigadora
Ana Isabel Miranda
Coordenadora
Bruno Miguel Rocha Augusto
Bolseiro de Investigação
Carlos Silveira
Investigador
Kevin de Oliveira
Investigador
Vera A. M. Rodrigues
Investigadora

Financiamento do CESAM: