HOME  »  CESAM  »  Regulamentos  »  Admissão de novos membros integrados
 
Regulamento para admissão de novos membros integrados no Laboratório Associado CESAM

O regulamento para admissão de novos membros integrados no Laboratório Associado Centro de Estudos do Ambiente e do Mar, da Universidade de Aveiro, está em vigor desde Dezembro de 2011.
Para ser membro integrado do CESAM, o candidato, com grau de Doutor, deverá obedecer a pelo menos um dos três critérios relativos à sua produtividade científica nos últimos cinco anos (incluindo os artigos in press):

     a) Ser autor ou coautor de um mínimo de 8 artigos publicados em revistas do SCI;
     b) Ser autor ou coautor de um mínimo de 5 artigos, publicados em revistas do SCI, desde que a soma das ponderações desses artigos (segundo a classificação atribuída pelo CESAM) seja igual ou superior a 10;
     c) Ser autor ou coautor de um mínimo de 3 artigos, publicados em revistas do SCI, desde que a soma das ponderações desses artigos (segundo a classificação atribuída pelo CESAM) seja igual ou superior a 30.


A partir de Janeiro de 2015, para um membro manter o estatuto de membro integrado deve igualmente obedecer aos citérios definidos neste regulamento. Membros que não atinjam este critério deixam de ser elegíveis como membros integrados, podendo, se assim o desejaram, permanecer como colaboradores do CESAM.



Classificação dos artigos científicos pelo CESAM:
A ponderação do CESAM atribuída a um artigo depende do fator de impacto da revista onde este é publicado que determina o percentil da mesma na(s) área(s) científica(s) a que pertence (a área científica escolhida corresponde ao percentil mais elevado para a revista): i) Aos artigos publicados em revistas num percentil ≥ 90%, atribui-se uma ponderação de 6; ii) Aos artigos publicados em revistas num percentil <90% e ≥75% atribui-se uma ponderação de 3; iii) Aos artigos publicados em revistas num percentil <75% e ≥50% atribui-se uma ponderação de 2; iv) Aos artigos publicados em revistas num percentil <50% e ≥25% atribui-se uma ponderação de 1; v) Aos artigos publicados em revistas num percentil <25% atribui-se uma ponderação de 0,2; vi) Aos artigos publicados em revistas com fator de impacto igual ou superior a 15, pertencentes a qualquer área científica, num percentil ≥98% atribui-se uma ponderação de 30. Adicionalmente, aos artigos de revisão publicados em revistas num percentil ≥75% atribui-se uma ponderação de 15.