New Portal! At final development & testing stage by September, since July.

 Nomination of Professor and Researcher of CESAM to the scientific panel of the national strategy of adaptation to climate change

Nomination of Professor and Researcher of CESAM to the scientific panel of the national strategy of adaptation to climate change

[Only available in Portuguese]

Autor de trabalhos científicos em áreas como a ecologia da fase larvar de invertebrados marinhos ou a conservação ambiental, Henrique Queiroga foi nomeado para o Painel Científico da Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas (ENAAC 2020). O professor do Departamento de Biologia e investigador do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), vai poder contribuir com o seu saber para “Um país adaptado aos efeitos das alterações climáticas, através da contínua implementação de soluções baseadas no conhecimento técnico-científico e em boas práticas” (Resolução do Conselho de Ministros n.º 56/2015).

 A frase anterior é uma transcrição da visão que o Conselho de Ministros estabeleceu para Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas (ENAAC 2020). A ENAAC 2020 pretende desenvolver uma perspetiva sistémica e integrada das ações de adaptação às alterações climáticas e de mitigação dos seus efeitos, as quais devem ser enquadradas de forma a promover o correto planeamento e desenvolvimento de uma sociedade e economia resiliente, competitiva e de baixo carbono. Para alcançar aquela visão, a ENAAC 2020 define três objetivos: melhorar o nível de conhecimento sobre as alterações climáticas, implementar medidas de adaptação e promover a integração da adaptação em políticas sectoriais.

Henrique Queiroga foi nomeado em substituição de Henrique Cabral, professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e é agora um dos 20 membros do Painel Científico. O professor da UA leciona Oceanografia Biológica, Ecologia Marinha e outras disciplinas na área das Ciências do Mar, e é atualmente coordenador do grupo de investigação em Ecologia Marinha e Estuarina do CESAM, tendo exercido no passado funções de vice-diretor deste Laboratório Associado.

Na vertente do seu trabalho relacionada com projetos de conservação ambiental, especificamente no que respeita à gestão de áreas marinhas protegidas, coordenou a candidatura da Reserva Natural das Berlengas à Rede Mundial de Reservas da Biosfera (UNESCO, Programa Homem e Biosfera). Esta candidatura, suportada pela Câmara Municipal de Peniche, pelo Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade e por vários grupos de utilizadores, foi aprovada pela UNESCO em julho de 2011. É autor ainda do estudo respeitante à estimativa da Capacidade de Carga Humana da Reserva Natural das Berlengas, e é membro do Conselho Estratégico desta área protegida.

O docente e investigador é diretor de dois programas doutorais internacionais na área das ciências do mar oferecidos pela Universidade de Aveiro: Do*Mar - Ciência, Tecnologia e Gestão do Mar, em colaboração com universidades do norte de Portugal e da Galiza, e Ciências do Mar, em colaboração com um consórcio de 24 parceiros europeus. Henrique Queiroga tem ainda colaborado com a A3ES - Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior na avaliação e acreditação de licenciaturas, mestrados e doutoramentos na área das Ciências do Mar em Portugal.

Notícia original aqui.

CESAM Funding: