Building the future by doing more together

Laboratório de Bioquímica & Fisiologia (BcP)

Resumo:

Os organismos têm desenvolvido estratégias únicas para lidar com mudanças ambientais que afetam o seu crescimento e sobrevivência. Estas estratégias podem abranger uma ampla gama de alterações, que podem ir desde alterações morfológicas e fisiológicas até alterações bioquímicas a nível celular. O Laboratório de Bioquímica & Fisiologia (BcP) usa espécies distintas, incluindo bactérias, microalgas de água doce, invertebrados e vertebrados marinhos (peixes), para investigar como os organismos respondem aos fatores de stress em diferentes níveis de organização biológica. Os efeitos destes fatores de stress são avaliados em abordagens ecológicas (ex. simbiose, competição), fisiológicas (ex. desenvolvimento larvar, respiração e taxa de depuração, capacidade de regeneração), bioquímicas (ex. marcadores de stress oxidativo) e metabolómicas (ex. metabolitos voláteis) aquando da exposição de organismos a um fator isoladamente ou a múltiplos fatores de stress. Particularmente, o grupo foca-se nos efeitos provocados nos organismos pelos metais e contaminantes emergentes (ex. nanopartículas, farmacêuticos, microplásticos), pelos fitocompostos e pelos fatores ambientais relacionados com alterações climáticas (ex. seca, salinidade, temperatura, pH). Estas abordagens podem clarificar os potenciais efeitos que estes desafios ambientais têm nos organismos, assim como quais os mecanismos a que os organismos podem recorrer para tolerar as condições ambientais que irão prevalecer no futuro.

Equipa:

Líder do Laboratório: 

Membros Doutorados:

Partilhe nas redes sociais:

Financiamento do CESAM: