HOME  »  Notícias
 
Projeto do CESAM em destaque na Expoforest 2014 (Feira Florestal Brasileira)

22/05/2014
A Expoforest, que decorre do dia 21 ao dia 23 de maio em São Paulo, Brasil, é uma feira florestal focada em máquinas, equipamentos, insumos e tecnologia voltada para a produção de madeira de florestas plantadas e, em particular, o eucalipto.
A GeoAtributo, empresa coordenadora do projeto LUNA no qual o CESAM participa, está presente na Feira e a dar particular destaque ao sistema inovador desenvolvido no âmbito desse projeto.
O LUNA (ALow-flying UNmanned Aerial forest monitoring system) é um sistema de informação, alimentado com diversas fontes obtidas com a utilização de vários tipos de sensores, equipados em veículos aéreos não tripulados, que permitirá a obtenção de informações precisas, dinâmicas e relevantes à monitorização do crescimento de plantas, aparecimento de pragas e doenças, aparecimento de espécies invasoras, bem como da ocorrência de situações de mortalidade precoce das árvores. Este sistema está em fase de desenvolvimento, envolvendo instituições de investigação e empresas privadas, apresentando uma forte componente de desenvolvimento científico e de inovação.

Jovem bióloga do CESAM vence prémio europeu de conservação da natureza

22/05/2014
A investigadora do CESAM, Milene Matos, acaba de ganhar um prémio europeu atribuído pela Federação EUROPARC em cooperação com a Fundação Alfred Toepfer, intitulado “Alfred Toepfer Natural Heritage Scholarships”, que visa galardoar jovens conservacionistas com provas dadas na área da conservação da natureza, em particular nas áreas protegidas da Europa.
Esta é a primeira vez que este prémio é atribuído a um conservacionista português.

Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

Investigadora do DBio & CESAM eleita presidente da SETAC Europa em 2014-2015

21/05/2014
Mónica Amorim tomou posse como presidente da SETAC (Society of Environmental Contamination and Toxicology) para a Europa, no dia 14 de maio de 2014.
A SETAC é das sociedades de ecotoxicologia com maior expressão a nível mundial, contando com mais de 2200 membros na Europa entre cientistas da academia, indústria e governo. A SETAC-Europa tem uma direção composta por 15 elementos, provenientes em partes iguais da academia, indústria e agências governamentais, de vários países da Europa.
Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

Terapia Fágica na televisão

20/05/2014
Programa "Mentes que brilham" apresenta entrevista relativa ao projeto coordenado pelo membro do CESAM, Profª Adelaide Almeida.

http://portocanal.sapo.pt/um_v.....wnlRBLlaug


 

O projeto europeu do CESAM apresentado no dia europeu do mar 2014 na Alemanha
16/05/2014
Por ocasião das Comemorações do Dia Europeu do Mar (19 e 20 de maio), em Bremen, na Alemanha, será promovida a apresentação pública dos resultados do Projeto de Ordenamento do Espaço Marítimo Transfronteiriço na área do Atlântico Europeu (TPEA - “Transboundary Planning in the European Atlantic”) no qual o CESAM participa.
O TPEA é um projeto financiado pela Comissão Europeia através da DG Mare com o objetivo de desenvolver uma abordagem do ordenamento do espaço marítimo para a Bacia do Atlântico, olhando para as questões transfronteiriças e perspetivando a integração com a gestão da zona costeira, permitindo apoiar os trabalhos em curso para a proposta do Parlamento Europeu e do Conselho para o estabelecimento da Diretiva do Ordenamento do Espaço Marítimo.
Mais detalhes: http://www.dgpm.mam.gov.pt/Pag.....t;/div>
Projeto AquaSafe lança página na internet e Blog

01/05/2014
Projeto AquaSafe lança página na internet e Blog para promover a transferência de conhecimento e tecnologia entre a comunidade científica e agentes económicos do sector da pesca e da aquacultura.
O projecto foi criado por investigadores do Departamento de Biologia e do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) da Universidade de Aveiro (financiado pelo Programa Operacional da Pesca e co-financiado pelo Fundo Europeu das Pescas). Trata-se de uma iniciativa pioneira que pretende promover a transferência de conhecimento a respeito da microbiologia (ecologia e biotecnologia) dos sistemas de aquacultura e a sua importância na qualidade e quantidade da produção animal. O projeto pretende apresentar aos aquacultores alternativas inovadoras e economicamente acessíveis que auxiliem na antecipação de surtos, no diagnóstico rápido de doenças e numa melhor compreensão da microbiologia dos seus sistemas de produção. Newton Gomes, Investigador Principal do CESAM/UA e coordenador do projeto, criou ainda um blog na página do projeto para aumentar a interacção entre os aquacultores permitindo que sejam feitas sugestões, perguntas e divulgação. Esta plataforma irá também permitir que sejam registados alertas a respeito do aparecimento de surtos de doenças nas aquaculturas.
A pagina do projeto já pode ser acessada pelo endereço http://project-aquasafe.web.ua.pt/pt

Investigação do CESAM em destaque no Jornal Público

23/04/2014
Um artigo no jornal Público destaca a importância das sucessões tróficas associadas a fontes orgânicas temporárias no alto mar, como troncos de madeira ou carcaças de animais, para estudar as comunidades marinhas.
Os projetos Chemeco (EU) e Carcace (FCT), este último coordenado pela investigadora do CESAM Ana Hilário, são referidos como casos de estudo de ecossistemas estabelecidos no alto mar a partir de matéria orgânica depositada.
Notícia: http://www.publico.pt/ciencia/.....

Cocktails de pesticidas prejudicam a saúde dos solos

14/04/2014
Utilizados para combaterem pragas, os cocktails de pesticidas usados na agricultura estão a provocar efeitos nefastos nos organismos que regeneram o ecossistema terrestre e, por isso, a porem em causa a saúde dos solos nacionais. Esta é a principal conclusão do trabalho de uma equipa de biólogos do CESAM que analisou os efeitos de misturas de pesticidas utilizadas em larga escala, não só no país como por toda a Europa, em organismos que, não sendo o alvo a abater, sofrem danos por ação dos químicos. Sem eles, e por consequência sem o papel crucial que desempenham na decomposição da matéria orgânica e na redistribuição dos nutrientes, os solos agrícolas não se conseguem manter saudáveis.
Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

Equipa do CESAM estuda a mitigação da erosão do solo que ocorre depois dos incêndios florestais

01/04/2014
UA no maior projeto da União Europeia contra a degradação dos solos europeus

Ninguém sabe em que estado se encontra a saúde dos solos portugueses. Certo é que a variedade e a intensidade das ameaças são enormes. Entre os culpados, a desertificação e a impermeabilização dos terrenos surgem à cabeça de uma imensa lista de fenómenos. Para avaliar pela primeira vez o estado dos solos nacionais, identificar e estudar os fenómenos que os afetam e desenvolver soluções inovadoras para impedir que, a longo prazo, o sul do país – principalmente – se transforme num deserto árido, uma equipa de investigadores da UA tem já as mangas arregaçadas. A missão dos cientistas portugueses faz parte do RECARE. O projecto, o maior da União Europeia no que toca ao estudo de medidas de prevenção e remediação da degradação dos solos europeus, é lançado oficialmente a 1 de abril e conta com uma equipa multidisciplinar de investigadores de 27 organizações europeias.
Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....mp;c=37876

O projeto RECARE junta-se aos agentes e à população local na iniciativa ‘Plantar o Caramulo’

28/03/14
No dia 22 de Março de 2014, investigadores do CESAM participaram na iniciativa ‘Plantar o Caramulo’, promovida pela Câmara Municipal de Tondela em conjunto com outras entidades regionais e locais. Agentes e comunidades locais juntaram esforços num movimento voluntário para plantar 10,000 árvores (carvalho-alvarinho e bétula) para restaurar algumas das terras públicas que foram afectadas pelos grandes incêndios florestais que consumiram mais de 9,000 hectares de floresta na Serra do Caramulo durante o Verão de 2013. Estes incêndios desencadearam não apenas a perda de vidas humanas mas também grandes impactos ambientais e socioeconómicos. Na área da ‘União de Freguesias de São João do Monte e de Mosteirinho’, uma das áreas de estudo do projeto RECARE, foram plantadas cerca de 600 árvores com grande entusiasmo apesar das condições meteorológicas adversas.
A iniciativa foi um enorme sucesso, contando com mais de 1,000 voluntários de organizações e associações locais, escolas e cidadãos, demonstrando a sensibilização dos agentes locais para os impactos diretos e indiretos dos incêndios florestais e a necessidade de implementar soluções para reabilitar as áreas ardidas e mitigar a degradação do solo.
Mais informação sobre a iniciativa em: http://www.cm-tondela.pt/plantarocaramulo/ ou http://cmtv.sapo.pt/atualidade.....amulo.html