HOME  »  Notícias
 
Novo método para cálculo da dispersão de larvas marinhas

11/04/2018

Foi descrito um novo método, por investigadores das Universidades de Aveiro (UA), Melbourne, Vigo e Ghent que permite chegar ao cálculo da dispersão de larvas de várias espécies marinhas, fundamental para perceber a ecologia das espécies e para, entre outras aplicações, estabelecer critérios de delimitação de áreas marinhas protegidas.

Mais detalhes: http://uaonline.ua.pt/pub/detail.asp?c=54120

Frank Verheijen (CESAM, DAO, UA) will present UTILIZAÇÃO DE BIOCHAR PARA O MELHORAMENTO DE SOLOS at AgroIn 2018: EcoInovação, Estoril, 18th April 2018

11/04/2018

Chama-se Biochar, é um tipo de carvão produzido a partir de biomassa, permite reduzir o dióxido de carbono na atmosfera, melhorar o solo e gerar energia limpa durante o seu fabrico. Frank Verheijen, especialista em solos da Universidade de Aveiro e pioneiro nas experiências com biochar em explorações agrícolas portuguesas, vai explicar como tirar partido deste carvão que pode revolucionar a gestão da erosão dos solos.


O desafio é conjugar explorações agrícolas produtivas, rentáveis e eficientes com a conservação dos recursos naturais. Em suma, queremos SUSTENTABILIDADE com um racional económico, e rentabilidade com uma preocupação ambiental. As práticas agrícolas sustentáveis são essenciais para o combate às ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS e ao aquecimento global. Num país mediterrânico, onde ciclos de secas e de chuvas concentradas se intensificam cada vez mais, esta é uma realidade que não pode passar ao lado. Mas produzir alimentos seguros, de qualidade e em quantidade só é possível com o uso eficiente dos recursos. Nesta equação, a INOVAÇÃO faz toda a diferença. E é precisamente por aqui que queremos que passe esta edição do AGROIN 2018: ECOINOVAÇÃO

http://www.vidarural.pt/agroin/

Investigadores do CESAM e QOPNA editores da Marine Drugs - Marine Lipids 2017

03/04/2018

Os investigadores Rosário Domingues, Pedro Domingues e Ricardo Calado, pertencentes aos Centros de investigação QOPNA e CESAM, do Departamento de Química e do Departamento de Biologia, foram editores convidados do Volume Especial “Marine Lipids 2017” publicado pela prestigiada revista Marine Drugs (http://www.mdpi.com/journal/ma.....ipids_2017).

O Volume Especial  “Marine Lipids 2017” publicou um total de 10 artigos, que tiveram até à  data mais de 3,105 download e mais de 13,650  visualizações. Esta recetividade por parte da comunidade cientifica deste Volume Especial demonstra o interesse crescente que existe nos organismos marinhos como fonte de lípidos com elevado valor nutricional e propriedades bioativas. Estas propriedades bioativas permitem a  aplicação destas biomoléculas em inúmeras indústrias, nomeadamente da área alimentar, nutracêutica, cosmética e farmacêutica. O conhecimento cada vez mais detalhado do lipdoma dos organismos marinhos tem permitido a descoberta de novas aplicações biotecnológicas para estas biomoléculas.


“Marine Lipids 2017” destaca as mais inovadoras abordagens de lipidómica marinha, assim como as novas descobertas sobre o lipidoma de organismos marinhos, e dá ênfase a potenciais formas de valorização destas biomoléculas. Devido ao sucesso desta  edição especial, “Marine Lipids 2017”, será brevemente publicada em formato e-Book, pela editora MDPI (Suiça), estando já acordado com a editora a edição de novo Volume Especial sobre a mesma temática para 2019.


Rosário Domingues, Pedro Domingues e Ricardo Calado fundaram e coordenam o único Laboratório de Lipidómica Marinha do país, uma aposta que visa colocar a Universidade de Aveiro na vanguarda da nova Bio-Economia Azul, contribuindo para uma valorização inteligente e integral dos recursos biológicos marinhos endógenos.

Investigadores do CESAM eleitos participantes em Working Groups da Rede Intenacional EuroMarine

20-03-2018

Marco Custódio e Elizabete Maciel, ambos investigadores do DBIO/CESAM, foram recentemente eleitos participantes dos Working Groups “
Young Scientist” e “Research infrastructures”, respetivamente, da Rede Internacional EuroMarine. O Grupo de Trabalho “Young Scientistda Rede EuroMarine pretende constituir uma comunidade de Jovens Cientistas ativos, interagindo entre si e com os membros da rede geral da EM, contribuindo para a direção futura da rede e retirando benefícios máximos das suas atividades e serviços atuais e futuros. O grupo de trabalho “Research infrastructures” da Rede EuroMarine (RIs) tem como objetivo a melhoria das interações e consciencialização dos serviços, plataformas e oportunidades que as RIs oferecem. As RIs deverão desempenhar nas próximas décadas um papel de importante relevo no cenário da investigação científica, tornando-se fulcrais para a excelência na Ciência na Europa.

Workshop “Contribuição do CESAM para a Sustentabilidade e Segurança Alimentar” | 6 de abril 2018, no Anfiteatro do Edifício III (Antiga Reitoria), Universidade de Aveiro

14/03/2018

Gostaríamos de convidá-la(o) a participar no Workshop (WS)  “Contribuição do CESAM para a Sustentabilidade e Segurança Alimentar”, a realizar-se no próximo dia 6 de abril 2018, no Anfiteatro do Edifício III (Antiga Reitoria), destinado a todos os potenciais interessados do meio académico e empresarial. Este workshop será constituído por 3 sessões temáticas, com apresentações de cerca de 10 min (mais 5 minutos para discussão). No final do workshop será organizada uma Mesa Redonda para discussão da pertinência dos temas abordados, das oportunidades de financiamento e enquadramento nas áreas prioritárias do programa H2020 e da Estratégia de Especialização Inteligente do Centro RIS3 – Centro 2020.

Pretende-se com esta discussão promover a divulgação do conhecimento gerado no CESAM, o estabelecimento de eventuais parcerias e a divulgação das oportunidades de financiamento nesta área (Programa em Anexo).

A participação no WS é gratuita mas a inscrição é obrigatória em: https://goo.gl/forms/ov6RRikHzSi71SNx2

Por favor confirmem a vossa participação até ao próximo dia 29 de março! 

Contamos com a vossa presença!

Investigadora do DQ/CESAM seleccionada para Bolsa Fulbright

14-03-2018

A Investigadora Regina Duarte foi seleccionada para uma Bolsa Fulbright para Professores e Investigadores Doutorados, Ano Académico 2018/2019. Estas bolsas permitem lecionar e/ou realizar trabalhos de investigação em universidades ou centros de investigação nos EUA, por períodos entre 3 e 12 meses durante o ano letivo 2018/2019.
As actividades de investigação irão ser desenvolvidas na área de Ciências do Ambiente, nomeadamente na aplicação de técnicas analíticas multidimensionais avançadas para a caracterização molecular da fracção orgânica de partículas atmosféricas inaláveis, e irão ocorrer na Old Dominion University (Norfolk, VA).


Informação adicional acerca do concurso e bolseiros seleccionados pode ser encontrada nos seguintes links: 

http://www.fulbright.pt/result.....outorados/

http://www.fulbright.pt/fulbrighters/bolseiros/ano-academico-2018-2019/


 

Investigação no ECOMARE explicada em workshop

06/03/2018

Conhecer lesmas que roubam cloroplastos a algas para produzirem a sua própria fotossíntese, recriar recifes de corais ex situ, bastidores dos sistemas de suporte de vida para organismos marinhos, conservação das populações de animais marinhos, resgate e reabilitação de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, impactos socioeconómicos das espécies invasoras, foram alguns dos temas tratados no primeiro workshop – Investigação no ECOMARE que decorreu este fim de semana nas instalações deste centro de investigação e transferência de tecnologia da Universidade de Aveiro dedicado às questões do Mar.

Mais informações: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

UA desenvolve ‘detetive’ de bivalves

05/03/2018

Através de uma simples análise química das conchas e dos tecidos dos bivalves, uma equipa de biólogos do CESAM descobriu ser possível confirmar exatamente a origem geográfica dos organismos comercializados. O teste, realizado de forma rápida, barata e segura, promete facilitar o combate ao comércio ilegal que anualmente coloca no mercado mundial milhões de toneladas de bivalves com risco para a saúde pública. Na Galiza, onde estão alguns dos maiores produtores de bivalves, já estão de olho no ‘detetive’ de bivalves da UA.

Mais informações: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

Receita para serradela premium: aquicultura integrada com produção de peixe

23/02/2018 

Um estudo do CESAM conclui que a produção de serradela em aquicultura associada à produção intensiva de peixe origina minhocas mais ricas nutricionalmente e em maior quantidade, contribuindo para eliminação do excesso de matéria orgânica particulada na água que resulta da produção piscícola. A serradela é um dos principais iscos na pesca e é usada para alimento dos peixes em aquicultura. As conclusões constam do artigo científico com o título “Adding value to ragworms (Hediste diversicolor) through the bioremediation of a super-intensive marine fish farm” destacado como “Feature Article” no periódico “Aquaculture Environment Interactions” de fevereiro.

Mais informações: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....

Morcegos tropicais dão-nos lição: dieta variada é chave para diversificação das espécies

5/02/2018

De que forma o tipo de alimentação influencia a formação de novas espécies? Através do estudo da dieta dos morcegos noctilionoídeos da América do Sul, uma equipa de biólogos do CESAM & DBio deu mais um passo na compreensão da ancestral mas pouco compreendida relação entre comida e diversificação das espécies. No caso deste morcego, que se divide em mais de 200 espécies numa diversidade sem paralelo entre os mamíferos, os biólogos garantem que sua dieta variada é mesmo a chave que explica a enorme riqueza genética.

Mais informação: http://uaonline.ua.pt/pub/deta.....