Building the future by doing more together

Tânia Q. Barros

Tânia Q. Barros

Bolseira de Pós-Doutoramento


  • Researcher ID: E-1408-2019
  • ORCID: 0000-0001-7541-2278
  • Ciencia ID:
  • Departamento: Biologia
  • Grupo de Investigação: Biologia de Adaptação e Processos Ecológicos
  • ISI Web of KnowledgeSM search factor: Author=(Barros T) AND Address=(Aveiro) AND Topic=(mongoose)
  • Título: Caraterização genética das populações de Salmo trutta em Portugal, com vista à conservação e gestão de Margaritifera margaritifera Orientador: Prof. Dr. Carlos Fonseca Category: BO Grant type: BPD Funding entity: CESAM/DBIO-UA Grant reference: Caraterização genética das populações de Salmo trutta em Portugal, com vista à conservação e gestão de Margaritifera margaritifera Start date: 2020-01-01 End date: 2020-06-30


Interesses de investigação

- Population Genetics

- Molecular Ecology

- Landscape Genetics

- Mammal Ecology

- Wildlife Conservation and Management

- Global Changes and their effect on Biodiversity

Graus académicos

- Degree on Biology. Universidade do Porto, 2007.

- Master in Ecology, Biodiversity and Ecosystems Management. Universidade de AVeiro, 2009.

- PhD in Ecology. Universidade de Aveiro, 2015.

Atividades científicas

- Responsible for the laboratory procedures and data analysis for conservation and management of wild species in the Iberian Peninsula

- Responsible for managing the collection of biologic samples from Unidade de Vida Selvagem research group

Publicações

Projetos

WildForests -Conservação de vida silvestre e florestas de produção: necessidade de uma relação bidirecional em paisagens sustentáveis Ver mais

Análise genética comparativa de populações de javali e de porco doméstico Ver mais

Avaliação genética de uma invasão com sucesso: Genética populacional do sacarrabos (Herpestes ichneumon) em Portugal Ver mais

Orientações científicas

Master (Co-orientador): Inês de Sousa Gregório (not a CESAM member)

Pesquisa (Co-orientador): Ana Silva Barbosa (not a CESAM member)

Participações em projectos

Projeto "Avaliação genética de uma invasão com sucesso: Genética populacional do sacarrabos (Herpestes ichneumon) em Portugal", como membro da equipa de investigação. Projeto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. PTDC/BIA-BEC/104401/2008. 2010-2013.


Projeto "Estatuto e distribuição do Sacarrabos (Herpestes ichneumon, L.) em Portugal", como membro da equipa de investigação. Projeto co-financiado pela Confederação Nacional dos Caçadores Portugueses (CNCP), com a participação da Autoridade Florestal Nacional (AFN). Concluído em 2009.

Participação em Encontros Científicos

Comunicações orais


Barros, T., Gaubert, P., Rocha, R.G., Bandeira, V., Souto, L., Mira, A. & Fonseca, C. (2015). Análisis mitocondrial de la historia demográfica del meloncillo (Herpestes ichneumon) en la Península Ibérica. XII Congreso de la SECEM. Burgos, España.


Bandeira V., Virgós E., Barros T., Cunha M.V. & Fonseca C. (2015).  La clasificación por edades, a partir de la limpieza dentaria, ayudó a revelar dimorfismo sexual y variaciones geográficas en el tamaño corporal del meloncillo (Herpestes ichneumon) en Portugal. XII Congreso de la SECEM. Burgos, España.


Fonseca, C., Bandeira, B., Rocha, R.G. & Barros, T. (2012). O sacarrabos em Portugal - Situação atual. Expocaça. Santarém, Portugal.


Duarte, M.D., Henriques, A.M., Barros, S.C., Fagulha, T., Mendonça, P., Carvalho, P., Monteiro, M., Basto, M., Rosalino, L.M., Barros, T., Fonseca, C. & Cunha, M.V. (2011). Rastreio Virológico de Carnívoros Silvestres em Portugal. V Congresso Ciências Veterinárias 2011. Santarém, Portugal.


Barros, T. & Fonseca, C. (2009). Estatus y distribución del meloncillo (Herpestes ichneumon) en Portugal. IX Jornadas de la SECEM. Bilbao, España.


Comunicações orais por convite


Fonseca C., Barros T. e Bandeira, V. (2013). Sacarrabos: um predador de coelhos-bravos? XXV Expocaça. Santarém, Portugal.


Fonseca, C., Bandeira, V., Rocha, R.G. & Barros, T. (2012). O sacarrabos em Portugal - Situação atual. Expocaça. Mértola, Portugal.


Comunicações em poster


Bandeira V., Barros T., Carvalho J., Cunha M., Virgós E. & Fonseca C. (2015). Ecology of the Egyptian Mongoose (Herpestes ichneumon) in Portugal. Research Day. 20 de Maio de 2015. Universidade de Aveiro, Portugal.


Barros, T., Carvalho, J., Pereira, M.J,R., Ferreira, J.P. & Fonseca, C. (2013). Expansión del meloncillo (Herpestes ichneumon) en Portugal: influencia de las barreras geográficas y humanas, abandono rural y alteraciones climáticas. XI Congreso de la SECEM. Avilés, Espanha.


Santos, T., Bandeira, V., Barros, T., Fonseca, F. & Rocha, R.G. (2013). DNA barcoding: uso do COI como ferramenta molecular para determinação da dieta do sacarrabos (Herpestes ichneumon). 14º Encontro Nacional de Ecologia (SPECO). Bragança, Portugal.


Barros, T., Gaubert, P, Souto, L., Mira, A., Rocha, R.G., Bandeira, V. & Fonseca, C. (2012). Genetic assessment of a species in expansion: The successful case of the Egyptian mongoose (Herpestes ichneumon) in Portugal. Research Day. Universidade de Aveiro, Portugal.


Souto, L., Barros, T., Gaubert, P., Fonseca, C. (2011). Genetic characterization of the Egyptian mongoose (Herpestes ichneumon) population in Portugal: a wildlife species with potential forensic interest. 19th IAFS World Meeting, 9th WPMO Triennial Meeting and Vth MAFS Meeting. Madeira, Portugal.


Barros, T., Gaubert, P., Souto, L., Mira, A. & Fonseca, C. (2011). Population structure of the Egyptian mongoose (Herpestes ichnneumon) in Portugal. VIth European Congress of Mammalogy. Paris, France.


Barros, T. e Fonseca, C. (2008). Sacarrabos: um mangusto em expansão. II Congresso Português de Fauna Selvagem. Mogadouro, Portugal.


 

Publicações

Teses


Barros, T. (2015). Ecologia molecular do sacarrabos (Herpestes ichneumon) em Portugal. Tese de Doutoramento, Universidade de Aveiro.


Barros, T. (2009). Estatuto e Distribuição do sacarrabos (Herpestes ichneumon) em Portugal. Tese de Mestrado, Universidade de Aveiro.


Artigos em revistas científicas internacionais com arbitragem


Carvalho J., Torres R.T., Acevedo P., Santos J.P.V., Barros T., Serrano E. & Fonseca C. (2017). Propagule pressure and land cover changes as main drivers of red and roe deer expansion in mainland Portugal. Diversity and Distributions, 00:1–14. doi: 10.1111/ddi.12703


Bandeira V., Virgós E., Carvalho J., Barros T., Cunha M. V. & Fonseca C. (2018). Diet footprint of Egyptian mongoose along ecological gradients: effects of primary productivity and life history traits. Mammalian Biology, 88: 16-25. doi: 10.1016/j.mambio.2017.11.004


Barros, T., Cushman, S.A., Carvalho, J., Fonseca, C. (2016). Mediterranean scrubland and elevation drive gene flow of a Mediterranean carnivore, the Egyptian mongoose Herpestes ichneumon (Herpestidae). Biological Journal of the Linnean Society. doi:10.1111/bij.12867


Bandeira, V., Virgós, E., Barros, T., Cunha, M.V., Fonseca, C. (2016). Geographic variation and sexual dimorphism in body size of the Egyptian mongoose, Herpestes ichneumon in the western limit of its European distribution. Zoologischer Anzeiger - A Journal of Comparative Zoology. doi:10.1016/j.jcz.2016.06.001


Barros, T., Ferreira, E., Rocha, R.G., Gaubert, P., Bandeira, V., Souto, L., Mira, A., Fonseca, C. (2016). Genetic signature of the northward expansion of the Egyptian mongoose Herpestes ichneumon (Herpestidae) in the Iberian Peninsula. Biological Journal of the Linnean Society 118(3): 686-697. doi: 10.1111/bij.12743


Barros, T., Gaubert, P., Rocha, R.G., Bandeira, V., Souto, L., Mira, A., Fonseca, C. (2016). Mitochondrial demographic history of the expanding Egyptian mongoose in the Iberian Peninsula. Mammalian Biology 81: 176-184. doi: 10.1016/j.mambio.2015.09.003


Barros, T., Carvalho, J., Pereira, M.J.R., Ferreira, J.P., Fonseca, C. (2015). Following The Trail: Factors Underlying the Sudden Expansion of the Egyptian Mongoose (Herpestes ichneumon) in Portugal. PLoS ONE 10(8): e0133768. doi:10.1371/journal.pone.0133768


Santos, T., Fonseca, C., Barros, T., Godinho, R., Bastos-Silveira, C., Bandeira, V., Rocha, R.G. (2015). Using Stomach Contents for Diet Analysis of Carnivores Through DNA Barcoding. Wildlife Biology in Practice 11(1). doi:10.2461/wbp.2015.11.4 


Rodrigues S., Coelho, J.P., Bandeira, V., Barros, T., Duarte, A.C., Fonseca, C., Pereira, M.E. (2014). Mercury bioaccumulation in the Egyptian mongoose (Herpestes ichneumon): geographical, tissue, gender and age differences. Water, Air and Soil Pollution. 225:2005. doi: 10.1007/s11270-014-2005-y


Duarte, M.D., Henriques, A.M., Barros, S.C., Fagulha, T., Mendonça, P., Carvalho, P., Monteiro, M., Fevereiro, M., Basto, M.P., Rosalino, L.M., Barros, T., Bandeira, V., Fonseca, C., Cunha, M.V. (2013). Snapshot of Viral Infections in Wild Carnivores Reveals Ubiquity of Parvovirus and Susceptibility of Egyptian Mongoose to Feline Panleukopenia Virus. PLoS ONE 8(3): e59399. doi:10.1371/journal.pone.0059399


Gaubert, P., Machordom, A., Morales, A., Bao, J., Veron, G., Amin, M., Barros, T., Basuony, M., Djagoun, C., San, E., Fonseca, C., Geffen, E., Gouichiche, M., Ozkurt, S., Cruaud, C., Couloux, A., Palomares, F. (2011). Comparative phylogeography of two African carnivorans presumably introduced into Europe: disentangling natural versus human-mediated dispersal across the Strait of Gibraltar. Journal of Biogeography 38: 341-358.


Barros, T., Fonseca, C. (2011). Expansão do sacarrabos Herpestes ichneumon (Linnaeus, 1758) em Portugal. Galemys 23: 9-15.


Artigos em revistas nacionais de carácter técnico


Barros, T. & Fonseca, C. (2009) O sacarrabos em Portugal. Calibre 12, 212: 36-39.


Publicação em actas de encontros científicos


Barros, T., Gaubert, P., Rocha, R.G., Bandeira, V., Souto, L., Mira, A. & Fonseca, C. (2015). Análisis mitocondrial de la historia demográfica del meloncillo (Herpestes ichneumon) en la Península Ibérica. Libro de resumenes de XII Congreso de la SECEM. 


Barros, T., Carvalho, J., Pereira, M.J.R., Ferreira, J.P. & Fonseca, C. (2013). Expansión del meloncillo (Herpestes ichneumon) en Portugal: influencia de las barreras geográficas y humanas, abandono rural y alteraciones climáticas. Libro de resumenes de XI Congreso de la SECEM. Avilés, Espanha.


Barros, T. & Fonseca, C. (2009). Estatus y distribución actual del meloncillo (Herpestes ichneumon) en Portugal. Libro de resumenes de las IX Jornadas de la SECEM.


Barros, T. & Fonseca, C. (2008). Sacarrabos: um mangusto em expansão. Livro de resumos do II Congresso Portugues de Fauna Selvagem.


Outras publicações


Bandeira V., Barros T. , Fonseca C. (2012) Sacarrabos em Portugal. Revista da 17.ª Feira de Caça, Pesca e do Mundo Rural. Federação de Caçadores do Algarve: 53-54.


Barros T. e Fonseca C. (2009). O sacarrabos em Portugal. Calibre 12, 212: 36-39.


Barros, T. e Fonseca, C. (2008). O sacarrabos (Herpestes ichneumon). Acedido em 21 de Abril de 2008, no web site do Santo Huberto, na secção Conhecer melhor a fauna selvagem: http://www.santohuberto.com/sh.....

Interesses de Investigação


  • Ecologia

  • Genética Populacional

  • Genética da Paisagem

  • Filogeografia

  • Conservação e Gestão da Fauna Selvagem e seus Ecossistemas

  • Bio-ecologia de Carnívoros

  • Dinâmica das populações

  • Fragmentação de Habitats

  • Gestão de Recursos Cinegéticos

  • Alterações Climáticas e Biodiversidade

  • Etologia  

Qualificações académicas

Doutoramento em Biologia, Universidade de Aveiro, concluído em Novembro de 2015.


Mestrado em Ecologia, Biodiversidade e Gestão de Ecossistemas, Universidade de Aveiro, concluído em Julho de 2009.


Licenciatura em Biologia pela Faculdade de Ciências Universidade do Porto, concluída em Julho de 2007.


Financiamento do CESAM: